CORONAVÍRUS

No Maranhão

4824
117694
105671
2978
PROMOÇÕES

Comércio espera faturar R$ 3,6 bilhões com a Black Friday 2019

Muitos consumidores pretendem utilizar as parcelas recebidas FGTS e do 13º salário para as compras

Reprodução

Uma enxurrada de promoções está assediando, durante todo novembro, o consumidor que deve receber o 13° salário no fim do mês ou sacar os R$ 500 das contas ativas ou inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) antes mesmo do dia tradicional, na última sexta-feira do mês. As ofertas vão de vinho a automóveis, mas é preciso ficar atento se os descontos são mesmo verdadeiros.

Leia também:

Segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), a Black Friday deve movimentar R$ 3,67 bilhões no país e alcançar o maior faturamento em uma década. Se confirmada a previsão de faturamento, representará um aumento de 10,5% em relação a 2018, com crescimento real das vendas em comparação com o mesmo período do ano passado de 6,8%. Segundo o economista da CNC Fabio Bentes, um dos motivos para a expansão do faturamento é a elevação das vendas no comércio eletrônico.

Outros fatores que fazem as projeções serem tão otimistas são a inflação baixa, com a menor variação no acumulado em 12 meses até outubro, e a expansão na demanda por crédito. O site Busca Descontos, que iniciou o Black Friday no Brasil, registrou que as promoções, ofertas e descontos devem chegar a quase 90% dos setores.

Os produtos de maior valor agregado são os que têm mais descontos e são mais visados pelos consumidores. Em 2019, o segmento de eletroeletrônicos e utilidades domésticas deverá ser o principal destaque, com previsão de movimentação financeira de R$ 929,4 milhões, de acordo com a CNC. Eletrônicos representa 37% da procura, seguido de eletrodomésticos, com 36%, e televisores, com 29%. Itens de informática são alvo de 24% da procura e móveis e decoração, 22%.

Para não perder a oportunidade de economizar, muitos consumidores pretendem utilizar as parcelas recebidas FGTS e do 13º salário para as compras. Segundo o resultado da pesquisa Black Friday 2019, realizada pelo Méliuz, uma startup brasileira, 79% das pessoas garantem que vão comprar ao menos um item na data. A pesquisa também prevê que a maioria dos consumidores devem gastar até R$ 3 mil.

VER COMENTÁRIOS
.
Concursos e Emprego
Notícia Boa
Checamos
Polícia
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias