LIMPEZA URBANA

Inaugurado mais um ecoponto no bairro do Anil

O 10º ecoponto fica localizado na Rua Dois, do Conjunto Rancho Dom Luís, na região do Anil. Saiba como descartar os resíduos corretamente

O novo Ecoponto deve atender à demanda de 13 bairros, podendo ser utilizado por mais de 40 mil habitantes. Foto: Marla Batalha

A Prefeitura de São Luís inaugurou mais um ecoponto na manhã desta segunda-feira, 26, localizado na Rua Dois, do Conjunto Rancho Dom Luís, na região do Anil. Esse é o 10º Ecoponto da cidade, instrumento importante para a reeducação e desenvolvimento ambiental da cidade.

A presidente do Comitê Gestor de Limpeza Urbana, Carolina Estrela, ressalta que apenas 7% dos municípios brasileiros contam com algum programa ou política na área de preservação do meio ambiente. “No brasil são gerados cerca de 80 milhões de toneladas de lixo todos anos e apenas 3% seguem para reciclagem. Há uma estimativa de que a economia perde perda na em torno de R$ 120 milhões por não reciclar resíduos sólidos, pontua.

“Em São Luís, estamos trabalhando com uma política pública bem planejada e segmentada de gestão de resíduos sólidos. É importante saber qual será o caminho dos resíduos produzidos. Aqui eles são entregues, seguem para as cooperativas de reciclagem, movimentando a economia circular, promovendo o desenvolvimento sustentável e gerando emprego e renda. Eu costumo dizer que esse é um trabalho para gerações”, completa Carolina.

O bairro do Anil é cortado pelo rio homônimo, Rio Anil, que há anos vem sendo prejudicado pelo descarte irregular de lixo e de esgotos. “Eu como morador há 44 anos do bairro do Anil, sou testemunha de tantos fogões e tantos sofás a gente vê entupindo bueiros e acelerando o assoreamento dos rios. E esse ecoponto traz possibilidade de mudar esse curso da história. Mais do que um local físico, é um espaço de conscientização junto à população, formando a criançada para entender o meio ambiente”, comenta o vereador Marcelo Poeta.

“Nós temos condição de fazer uma São Luís mais limpa e desenvolver a consciência de que cada cidadão tem que fazer sua parte na limpeza da cidade, caminhado de mãos dadas, prefeitura e população para fazer um lugar melhor”, ressalta o prefeito Edivaldo Holanda (PDT).

Em 2016, a prefeitura deu início a uma série de políticas públicas voltadas para a implementação das metas estabelecidas Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS). De acordo com o Deputado federal Weverton Rocha (PDT), “há alguns anos atrás São Luís fazia parte dos quase 80% dos municípios brasileiros que ainda têm lixão a céu aberto, mudamos essa realidade. O lixo agora é tratado em aterro adequado. O ecoponto na maioria das cidades é cobrado para receber resíduos, aqui além do cidadão poder trazer o lixo gratuitamente o horário de atendimento é ampliado”.

Leia também:

Que resíduos eu posso descartar nos Ecopontos?

São Luís produz cerca 900 toneladas de lixo; Saiba qual é o novo destino

Como funcionam os ecopontos?

Para utilizar o serviço, o cidadão deve levar o resíduo que não é recolhido pela coleta regular ao Ecoponto mais próximo. Lá, agentes de limpeza orientam a população quanto à forma adequada de separar cada material e onde fazer o depósito.

Onde ficam os Ecopontos de São Luís

Ecoponto Parque Amazonas
Avenida dos Africanos, s/nº, Bairro de Fátima, entrada do Parque Amazonas;

Ecoponto Angelim
Rua 27, s/nº (antes do Makro, próximo ao Restaurante Chico Noca);

Ecoponto Bequimão
Avenida 1, s/nº, Bequimão, ao lado do CRAS

Ecoponto Habitacional Turu
Travessa G, s/nº, Habitacional Turu, próximo ao antigo Mateus Supermercados

Ecoponto Jardim América
Avenida 03, s/nº, Jardim América, ao lado da União de Moradores

Ecoponto Jardim Renascença
Rua Netuno, próximo à Paróquia de São Paulo Apóstolo

Ecoponto Residencial Esperança
Rua Doutor Ribeiro, s/nº, Residencial Esperança

Ecoponto Cidade Operária
Avenida Este 203, s/nº, Cidade Operária, próximo ao Campo do Real

Ecoponto São Francisco
Avenida Ferreira Gullar, São Francisco

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS