PRODUTO INTERNO BRUTO

Maranhão lidera crescimento econômico com alta de 9,7% no PIB

Segundo um levantamento divulgado neste sábado, o estado teve um desempenho quase 10 vezes acima da média nacional

Divulgação

Agricultura, um dos motores da economia maranhense

Em um levantamento feito pelo Itaú Unibanco divulgado pela Folha de São Paulo neste sábado, 10, o Maranhão se destacou entre os estados no quesito crescimento econômico. Retirando o protagonismo dos estados do sudeste, o estado lidera o ranking, com uma alta de 9,7% no Produto Interno Bruto (PIB), desempenho acima do esperado para a média nacional.

O PIB é um indicador que mede o dinamismo da atividade econômica, sendo usado pelos economistas para avaliar o crescimento de um país ou região. Com a safra agrícola recorde, a extração de minério e a expansão agropecuária já em 2017 foi possível perceber o bom rendimento do estado. Segundo o Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc), houve uma expansão real de R$ 218,3 milhões nos investimentos públicos entre janeiro e junho.

Uma previsão divulgada em setembro de 2017, pelo Banco Santander também já dava sinais de que o Maranhão iria liderar o crescimento entre os estados.

Além do Maranhão, Piauí e Tocantins, no Norte, completam a trinca da extensão agrícola, todos com alta superior a 1%, da economia brasileira como um todo. Com exceção do sudeste, único que se projeta negativo (-0,7%), todas outras regiões registram crescimento em 2017.

Os dados por Estado ainda não foram divulgados pelo IBGE (hoje as informações mais atualizadas são de 2015), mas o levantamento do Itaú Unibanco foi feito com base nos dados oficiais, refletindo a situação atual da economia. A previsão do banco Itaú é de que em 2018 haja uma alta de até 3% do PIB em todo o país.

“Parabenizo o nosso empresariado e os nossos trabalhadores. E vamos manter os altos investimentos públicos que tem ajudado nossa economia”, afirmou o governador Flávio Dino ao comentar os resultados divulgados neste sábado.

“Nas últimas semanas, o nosso Estado se destacou em uma série de rankings: investimentos em Segurança; investimentos em obras; diminuição de crimes violentos; maior salário dos professores no Brasil. E agora o maior crescimento da economia”, acrescentou o governador.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS