SAÚDE

Perguntas e respostas sobre a vacina contra a gripe

De acordo com o Ministério da Saúde, mais de 40 mil postos de saúde estão à disposição da população para a imunização

Foto: (Reprodução/ Agência Brasil)

Iniciou nesta segunda, 22, uma nova fase da Campanha de Vacinação contra a gripe. A primeira etapa deu prioridade às crianças, gestantes e puérperas, os grupos que apresentam mais vulnerabilidade às infecções causadas pela influenza (quem pode tomar?)

De acordo com o Ministério da Saúde, mais de 40 mil postos de saúde estão à disposição da população para a imunização. E dispõe de mais de 196,5 mil profissionais envolvidos na campanha.

Nesta nova fase, poderão receber a imunização trabalhadores de saúde, povos indígenas, puérperas (mulheres até 45 após o parto), idosos (a partir dos 60 anos), professores, pessoas portadoras de doenças crônicas e outras categorias de risco clínico, população privada de liberdade, incluindo adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas e funcionários do sistema prisional. As crianças, gestantes e puérperas também podem ir aos postos nesta etapa. 

Mesmo com toda a divulgação da campanha, muita gente ainda tem dúvidas sobre quem deve tomar e quais os benefícios da imunização contra o vírus H1N1. Veja quais as dúvidas mais frequentes sobre a vacina contra a gripe

Quais são os grupos de risco?

Foto: Reprodução
  • Gestantes;
  • Mulheres até 45 dias após o parto;
  • Crianças de seis meses a menores de seis anos;
  • Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade em medidas socioeducativas;
  • Mulheres e homens com 60 anos ou mais;
  • Trabalhadores da área de saúde
  • Povos indígenas;
  • Pessoas privadas de liberdade;
  • Portadores de doenças crônicas e outras condições clínicas especiais que comprometem a imunidade;
  • Professores de escolas públicas ou privadas
Próxima »1 / 6
VER COMENTÁRIOS
COLUNAS E OPINIÃO
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias