Turistando

Sem desculpas: 20 rolês acessíveis em São Luís

Curtir a cidade é interessante. Curtir a cidade, gastando pouco, é mais interessante ainda! Confira nossas dicas de passeios bons e baratos

1. Ir com uma galera pro Mangue Seco

Uma ótima opção para curtir as belezas naturais da ilha é juntar uma turma, pegar a linha Raposa/Araçagy e descer antes do Farol do Araçagy. Uma praia linda e, na maior parte do tempo, deserta, espera por você!

Foto: Reprodução.


 

2. Comer mocotó na Madre Deus e ficar pro samba

O bairro mais boêmio da cidade te convida a se sentir um ludovicense raiz. São vários barzinhos e quiosques do Largo do Caroçudo que servem deliciosos pratos como mocotó e sarrabulho. Aos fins de semana, o samba rola solto entre as ruas da Madre.

Foto: Reprodução.


 

3. Assistir aos clássicos no Cine Praia Grande

Para os cinéfilos, a dica é passar pela sala do Cine Praia Grande, no Centro de Criatividade Odylo Costa Filho. A programação é repleta de clássicos do cinema e lançamentos prestigiados da sétima arte. Mais informações na página do cine.

Foto: Reprodução.


 

4. Aproveitar pra passar no Mercado das Tulhas e Nauro Machado

Desbrave a Praia Grande! O bairro está cheio de praças, ruas e bares dignos de cenário de filme. A sugestão é passear no finalzinho da tarde. As opções de lanches em trailers e restaurantes e bares também são várias, e vale a pena desbravar.

Foto: Reprodução


 

5. Dançar reggae agarradinho no Bar do Nelson

São Luís é a capital do reggae, e faz jus a isso. Pegue seu par e vá dançar as melhores pedras coladinho no Bar do Nelson, que fica na Av. Litorânea, de frente para o mar.

Foto: Reprodução


 

6. Fazer um piquenique e (tentar) ser fitness na Reserva do Itapiracó

Localizada no Turu, a Reserva do Itapiracó é um ótimo espaço para quem quer curtir a natureza e ter hábitos de vida saudáveis. O local ganhou recentemente um complexo de lazer com praças, campos de futebol, quadras e parquinhos.

Foto: Reprodução


 

7. Fazer feira no Mercado Central e dar de pau num mocotó ou sarrabulho

Voltamos ao lance do mocotó. É que esse pratão, que varia entre R$ 10 e R$ 15, enche mesmo os olhos dos maranhenses. E o gostinho é ainda melhor quando a gente saboreia o prato no Mercado Central depois de ter feito aquela feira consistente. Se você quer conhecer uma cidade de verdade, conheça os mercados!

Foto: Palê Zuppani


 

8. Entrar no universo paralelo das lanchonetes do Cohatrac

Quem é do Cohatrac sabe: às vezes o caminho das lanchonetes do bairro pode ser sem volta. E as opções são em conta! Vale a pena tirar uma noite para entrar nesse universo paralelo e degustar deliciosos “podrões”, os lanches carregados de bacon, ovos, calabresa e tudo aquilo que a gente jura que só vai comer uma vez por mês.

Foto: Reprodução.


 

9. Encarar as famosas choperias de São Luís

Quem não conhece o Kabão, Marcelo ou Gaiolão, pelo menos de nome? Ok, é um rolê para os corajosos. Mas vale a pena passar nas choperias com os amigos de vez em quando e dançar um brega arrochado. Não nos responsabilizamos pelas ressacas.

Foto: Reprodução


 

10. Passear com a família ou com o paquerinha na Feirinha São Luís

O passeio de domingo já tem dia e lugar: domingo, na Feirinha São Luís. O espaço é montado na Praça Benedito Leite, e conta semanalmente com o melhor da culinária, artesanato, e manifestações culturais maranhenses.

Foto: Reprodução.


 

11. Curtir reggae e samba na Fonte do Ribeirão

Quer curtir samba e reggae num cenário histórico de São Luís? Todas as noites de quinta, tem Samba na Fonte do Ribeirão, e, aos domingos, a banda Soul Reggae agita o espaço. O rolê pode ser acompanhado pelo delicioso hambúrguer artesanal da Burgernight. Vale a visita!


 

12. Ver o pôr do sol da Gonçalves Dias

Virou clichê, mas que clichê lindo! Ver o por do sol de uma das praças mais belas da ilha, com vista para a ponte do São Francisco e Beira Mar, é sempre de tirar o fôlego. Para quem curte esportes radicais, como skate, a praça também é um ótimo local para praticar.

Foto: Reprodução


 

13. Comer caranguejo toc-toc e peixada na Litorânea ou Ponta D’Areia

Talvez esse seja o passeio mais caro da nossa lista, mas vale a pena tirar um dia do fim de semana para visitar a ampla gama de bares da Litorânea e saborear os melhores frutos do mar e peixes, e aproveitar para pegar uma onda na praia!

Que vistão! Foto: Reprodução


 

14. Andar à Rua Grande de cabo a rabo e comprar mimos baratinhos

A Rua Osvaldo Cruz, popularmente conhecida como Rua Grande, fica localizada no centro e é um dos principais centros comerciais da ilha. Quem nunca se embrenhou por entre as lojinhas e vielas que cortam a rua, precisa ter essa experiência! As opções vão desde lojas de departamento até atacadões de roupas e cosméticos e lojinhas de chineses.

Foto: Reprodução


 

15. Conferir o acervo musical do Bar do Léo

Léo é um bar que cura, já dizia Bruno Batista. O grande acervo de CDs e fitas cassete atribuem ao local o status de verdadeiro museu da música. O bar fica localizado na Feira do Vinhais, Rua Tarquínio Lopes, 46, e vale a visita.

Bar do Léo, em São Luís


 

16. Assistir a um jogo no Bar do Fla (e não precisa ser Flamengo)

Os amantes de futebol já possuem lugar certo para vibrar com as partidas: o Bar do Fla, localizado na Refesa. Reúna uma galera em dia de jogo, vista a camisa do seu time e acompanhe a transmissão dos principais jogos do Brasileiro!

Foto: Reprodução


 

17. Conhecer a história do Maranhão através de museus e igrejas da cidade

São Luís possui um acervo digno de museus e igrejas responsáveis por mostrar a história do estado. Dentre eles, o Museu Histórico e Artístico do Maranhão e a Igreja da Sé ganham destaque. As visitações são gratuitas, e vale a pena conferir de perto.

Foto: Reprodução


 

18. Sambar até furar o chão aos sábados na Feira da Praia Grande

São Luís também faz jus ao ziriguidum. Temos uma forte raiz no samba, e as inúmeras rodas provam isso. Todo sábado tem gente fazendo uma boa farra na Feira da Praia Grande!

Foto: Reprodução


 

19. Dar um rolê universitário e sair com o pé cheio de lama do Bambu Bar

Universitários, uni-vos! Quem tem um espírito mais aventureiro e jovem precisa ir ao Bambu Bar, localizado no bairro do Sá Viana, pelo menos uma vez na vida. O acesso é através da Universidade Federal do Maranhão. As atrações são as quintas de reggae e as sextas mix.

Foto: Reprodução

20. Tomar sorvete na Elefantinho

A sorveteria Elefantinho, localizada no Canto da Fabril, é uma das mais tradicionais da ilha. Fundado em 1975, o local conta com vários sabores da terra que dão água na boca, como jaca, cajá, sapoti e bacuri.

Foto: Reprodução


 

Essas são algumas sugestões, das várias atrações que a ilha tem para você. Vale a pena conferir!

MOSTRAR MAIS