Copa do Nordeste

Sampaio empata com o River em Teresina

O time tricolor dominou grande parte do jogo e o River sentiu a pressão. O jogo de volta ocorrerá na próxima quarta, no Castelão

O Sampaio teve as melhores oportunidades de gol, mas foi surpreendido pelo adversário nos últimos minutos

O Sampaio Corrêa iniciou a disputa pela classificação para a Copa do Nordeste 2019 com um empate contra o River-PI, em partida disputada no Estádio Albertão, em Teresina. A Bolívia Querida abriu 2×1, com gols de Uilliam e Welington Rato, mas viu o adversário empatar no fim.

Com o resultado, o Tricolor precisará vencer o jogo da volta, marcado para a próxima quarta-feira, 25, às 19h15, no Estádio Castelão, pois não há o critério de gol qualificado nessa fase da disputa. Um empate, por qualquer placar, fará com que a classificação seja definida nos pênaltis.

Após a batalha pela pré-Copa do Nordeste, o Sampaio segue viagem para Campinas, onde enfrentará o Guarani, pela segunda rodada da Série B, no próximo sábado.

Leia também: Sampaio inicia trajetória na série B do Brasileirão

Só deu Bolívia!

O jogo foi marcado pelo equilíbrio durante os primeiros dez minutos, concentrado na disputa no meio-campo. Aos poucos, o Sampaio foi controlando as ações e começou a incomodar a defesa riverina.

O Sampaio Corrêa poderia ter liquidado a fatura diante do River já no primeiro tempo. O time maranhense foi mais incisivo, criou as melhores oportunidades de gol, mas só foi balançar as redes do adversário aos 45 minutos. Uilliam recebeu dentro da grande área e cabeceou para o fundo das redes, sem chances para o goleiro Vitor Paiva.

Diego Silva decidiu experimentar o goleiro adversário em um chute de fora da área. A bola foi espalmada para escanteio. Ainda nos últimos segundos do primeiro tempo, o camisa nove Tricolor aproveitou cruzamento de Bruno Moura e desviou para as redes. Foi o ato final do primeiro tempo.

Segundo tempo

No segundo tempo, o Sampaio continuou em ritmo acelerado e precisou de apenas dez minutos para fazer 2 a 0. Welington Rato recebeu de Diego Silva dentro da área, limpou o marcador e marcou um belo gol no Albertão. O gol obrigou o River sair para o jogo e enfim ameaçou uma pressão.

A partida seguia sob o domínio do Tubarão, que teve oportunidade de marcar o terceiro, mas o futebol é traiçoeiro, e o River acabou diminuindo em um lance fortuito.

O gol levou o time riverino todo ao ataque em busca do empate, abrindo espaço para o contra-ataque Tricolor, que não conseguiu encaixar a jogada fatal para matar a partida. O castigo veio com um pênalti marcado no fim, que decretou o empate.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS