SÃO LUÍS

Mais um Militar é preso suspeito de integrar esquema de contrabando

O soldado Patrick Martins depôs na Superintendência Estadual de Combate à Corrupção (Seccor) na tarde de segunda-feira, 5

Mais um Policial Militar foi preso acusado de integrar uma quadrilha de contrabandistas. O soldado Patrick Sérgio Moraes Martins, do 21º BPM, foi preso após depor na Superintendência Estadual de Combate à Corrupção (Seccor) na tarde de segunda-feira, 5.

Além do soldado, estão presos outros 15 suspeitos de integrarem o bando, entre eles, o delegado ex-superintendente da Seic, Tiago Bardal, o advogado Ricardo Belo, o ex-vice prefeito de São Mateus, Rogério Sousa Garcia e oito Policiais Militares, além de civis supostamente envolvidos com o esquema.

Operação

Guarnições das polícias civil e militar deram início a uma operação no povoado Arraial, no Quebra-Pote, no início da madrugada do dia 22. A ação combateu organização criminosa que iria receber carregamento de mercadorias e armas contrabandeadas, através de um porto particular.

Foram apreendidas centenas de caixas de whisky e de cigarros, dois rifles calibre 44, um revólver Magnum de mesmo calibre, cinco pistolas calibre ponto 40, duas granadas, uma pistola 380 e farta munição.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS