CORONAVÍRUS

No Maranhão

568
353095
309592
10120
SAÚDE

Gripe, resfriado ou alergia, saiba como identificar

Tosse, coriza e febre. Ficou doente? Descubra a diferença entre elas

Reprodução

Com as mudanças climáticas, queda na temperatura, o ar seco e chuvas esporádicas trazem cada vez mais casos de pessoas com gripes, resfriados e crises alérgicas. Saiba como diferenciar os sintomas dessas doenças.

O Dr Otorrinolaringologista Patrick Rademaker Burke especialista em Otoneurologia e Medicina do Sono pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), e também Doutor em Ciências e professor-adjunto da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), explicou a O Imparcial as características de cada doença:

Gripe

Infecção por um tipo específico de vírus, o Influenza A e B são responsáveis por epidemias sazonais, sendo o vírus Influenza o responsável pelas pandemias que ocorrem de tempos em tempos.  “A gripe envolve todo o organismo, então além de coriza, espirros, obstrução nasal, o paciente tem febre, mal estar, perda do apetite, dores no corpo e dores musculares. O paciente falta ao trabalho ou à escola. Pode durar de uma a duas semanas. E pode ter complicações graves, como a pneumonia, principalmente em crianças e idosos”, disse o especialista.

Resfriado

Infecção por mais de 100 tipos diferentes de vírus. Em 70% dos casos é causado pelo rinovírus. “O resfriado parece com a alergia. Tem o início gradual, com coriza e obstrução nasal, tosse seca, leve dor de garganta. O quadro é autolimitado e leva menos de uma semana. Se ocorrer febre, costuma ser baixa”, explicou o médico.

Rinite alérgica

Segundo o médico, as alergias quando aparecem como sintomas respiratórios podem ser confundidas com gripes e resfriados. Os sintomas são: espirros, coceira no nariz e nos olhos, coriza e obstrução nasal. Patrick Rademaker Burke acrescenta ainda que os agentes causadores de alergias podem ter origens diversas. “A rinite alérgica leva à espirros em salva (um atrás do outro), coceira no nariz, nos olhos, na garganta e ouvidos, obstrução nasal e coriza. Não há febre. O paciente pode apresentar essas reações quando ele tem contato ao que lhe faz mal, como poeira, mofo, pólen, animais e alguns tipos de ácaros que é o mais frequente.” concluiu o médico.


Leia também: https://oimparcial.com.br/saude/2019/05/mudancas-no-clima-causam-aumento-de-viroses-na-capital/

VER COMENTÁRIOS
Esportes
Entretenimento e Cultura
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias