CORONAVÍRUS

No Maranhão

2623
306952
267991
8681
VISITA PRESIDENCIAL

Bolsonaro volta ao Maranhão amanhã

Ponte sobre o Rio Parnaíba na BR-235, ligando regiões sul dos dois estados, será entregue pelo presidente Jair Bolsonaro. Obra foi iniciada em 2019.

Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) inaugura nesta quinta-feira (20) a ponte sobre o Rio Parnaíba, no Sul do Maranhão e do Piauí, que liga as cidades de Alto Parnaíba (MA) e Santa Filomena (PI).  A informação foi confirmada pelo ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, que usou as redes sociais para informar que a obra será entregue antes do prazo previsto. “De um lado, Piauí. Do outro, Maranhão. Ponte estaiada sobre o Rio Parnaíba na BR-235 ligando regiões sul dos dois estados será entregue pelo presidente Jair Bolsonaro nesta quinta (20/05). Obra iniciada em 2019 e que concluímos antes do prazo”, escreveu o ministro.

O anúncio já havia sido feito no mês passado pelo senador Roberto Rocha (PSDB), por meio de suas redes sociais, onde também afirmou que já havia combinado com o presidente mais uma visita ao Maranhão. “Nesta semana, estive com o Presidente da República e combinamos mais uma visita ao Maranhão. Dessa vez será para inaugurar a Ponte sobre o Rio Parnaíba, na cidade de Alto Parnaíba, ligando o Maranhão e o Piauí. Obra extraordinária e importantíssima para o Maranhão e o MATOPIBA. Por fim, aproveitei para convidar o Presidente Bolsonaro para visitar Açailândia, e ele topou na hora. Será agora em maio. Em Açailândia, trataremos de três questões prioritárias: 1) Duplicação da BR-010, Açailândia/Imperatriz; 2) Construção do aeroporto de Açailândia; 3) Controle das erosões na cidade de Açailândia. Vamo que vamo! Meu Brasil é o Maranhão!”, postou o senador.

A obra que liga as cidades de Alto Parnaíba e Santa Filomena irá beneficiar moradores das duas cidades que são produtoras de soja e milho, desativando o serviço de balsas para travessia do rio.  Ainda de acordo com o ministro Tarcísio de Freitas, também já está sendo estudado um projeto de pavimentação da BR-235, que liga o estado do Maranhão ao Tocantins, que vai criar uma rota de ligação direta com a ferrovia norte-sul. “Vamos economizar o trajeto em direção ao Porto do Itaqui. Vai ser mais rápido e mais barato pelo trem. E essa ponte vai proporcionar que essa ligação seja feita”, disse o ministro.

A ponte,  com 185 metros de extensão,  é  formada por dois vãos laterais de 50,50 metros e um vão central de 84 metros. O investimento é de aproximadamente R$ 30 milhões. A construção da ponte atende a um anseio antigo dos moradores e produtores de grãos da região. A obra é considerada fundamental para o desenvolvimento econômico da fronteira agrícola do Matopiba, formada pelos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia.

Visita marcada por polêmica

Vale lembrar que esta é a terceira vez que Bolsonaro vem ao Maranhão desde o início do mandato, sendo esta a segunda somente este ano. Em março, ele esteve em Alcântara para entrega de títulos de propriedade a famílias de lavradores que foram remanejadas da área do Centro Espacial. Já a primeira vez foi em outubro de 2020 onde entregou obras na capital São Luís e em Imperatriz, segunda maior cidade do estado.

Sua vinda foi marcada pela polêmica por conta de um comentário do presidente ao tomar um Guaraná Jesus, que é genuinamente maranhense e que tem como característica o sabor doce e a cor rosa. “Agora virei boiola igual a maranhense, é isso?”, disse o presidente na época, aos risos. “Olha, o guaraná cor-de-rosa do Maranhão aí, ó! Quem toma esse guaraná aqui vira maranhense, hein? Guaraná cor-de-rosa do Maranhão… Que boiolagem isso aqui”, continuou.

Por conta da repercussão negativa, onde até o  governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), ameaçou processar o presidente Bolsonaro por conta da piada considerada por ele sem graça com uma das mais tradicionais marcas empresariais do estado, Bolsonaro se desculpou pelo acontecido por meio de uma live controvérsa.

No começo da transmissão, o presidente já tinha comentado o caso. “Esse é o tal Guaraná Jesus que deu polêmica hoje comigo lá em São Luís. Eu olhei com essa cor, olhei, opa, que trem é esse aí, pô? Já fiquei logo desconfiado. Mas eu tomei e, confesso, que não senti nada”, afirmou, em tom de brincadeira.

VER COMENTÁRIOS
Entretenimento e Cultura
Esportes
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias