ENTREVISTA EXCLUSIVA

“Não devemos só esperar o povo, precisamos ir até as pessoas”

O mais novo presidente da Câmara de São Luís, Osmar Filho, conversou com O Imparcial e contou suas expectativas para o futuro e o dever de corresponder com sua geração

Osmar Filho concedeu entrevista na sede de O Imparcial (Foto: Hamilton Jr.)

Em 400 anos de história da Câmara Municipal de São Luís, assumiu o mais novo presidente da Casa. Estamos falando de Osmar Filho (PDT), que ocupará o mais alto cargo do parlamento municipal com apenas 32 anos.

Além da missão de aproximar a Câmara do cidadão ludovicense, Osmar Filho foca igualmente em contribuir para a geração de renda e empregos na cidade. Outra preocupação recai sobre sua idade e a responsabilidade de provar que está apto para as responsabilidades que virão. “Não podemos fracassar sob a pena de comprometer toda uma geração jovem.”

Leia as melhores partes da entrevista:

Casa do povo para o povo

Nosso objetivo é buscar mecanismos dinâmicos para aproximar o cidadão do parlamento municipal. É preciso atrair as pessoas para a sede do poder legislativo municipal para que possam também participar de todas as discussão, porque é a Casa do Povo.

Mas também não devemos apenas esperar que o povo venha a nós. Nós queremos ir até as pessoas, então pretendemos fazer sessões itinerantes, ir para diversas regiões da cidade, discutir in loco os problemas e procurar soluções junto aos poderes públicos, iniciativas privadas, outras casas legislativas e entes governamentais. É a Câmara Municipal se apresentando como interlocutora de toda essa união.

Jovem presidente

Tive a honra de ter sido eleito, ao longo desses 400 anos de Câmara Municipal, o presidente mais jovem da história. Fui eleito com 31 anos de idade e assumirei com 32 anos. Isso é motivo de muito orgulho. Em virtude disso eu levo comigo não só uma expectativa pessoal dos meus pais, colegas vereadores, do meu eleitorado, mas de toda uma geração. E não podemos fracassar sob a pena de comprometer toda uma geração jovem.

Emprego e renda

Um dos grandes objetivos nossos na Câmara é a geração de empregos. A Câmara tem que atuar fortemente para garantir mais empregos e renda para a cidade. Em um ranking elaborado pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e publicado pela revista Exame no ano passado (2017), São Luís foi o quinto dentre mais de 5 mil municípios brasileiros que mais gerou emprego, sendo a segunda capital do país e a primeira do nordeste no ranking.

Queremos manter isso realizando discussões, incentivando a qualificação da mão de obra e trabalho. Assim poderemos cada vez mais impulsionar a cidade de São Luís como geradora de emprego e renda.

PDT e PCdoB

O Governador Flávio Dino tem sido um grande parceiro da cidade. A maior parceria vista entre gestão municipal e estadual na cidade de São Luís foi na administração de Dino, com programas como Mais Asfalto e Escola Digna. Ele tem ajudado na saúde pública com a construção do Hospital da Criança e também incentiva cultura local em parceria com a prefeitura. Então vemos que essa parceria é real e consolidada. PCdoB e PDT são grandes aliados que juntos estão dando o melhor para a cidade.

Troca de posições entre PDT e PCdoB

É cedo para discutir isso e não passa de mera especulação. PCdoB acabou de renovar o mandato de governador e tenho convicção que a meta de Dino é fazer um mandato cada vez melhor. Da mesma forma, PDT tem como meta, através da gestão do prefeito Edivaldo, terminar bem o mandato na Câmara Municipal. E agora o PDT tem um assento no Senado Federal, com Weverton Rocha. Todos em sintonia no mesmo objetivo.

VER COMENTÁRIOS
COLUNAS E OPINIÃO
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias