Reunião do Comitê de Segurança das Eleições 2018. (Foto: Pedro de Almeida / OIMP/DAPRESS)

Na tarde desta quarta-feira, 26, o Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão instalou o Comitê de Segurança das Eleições 2018 em conjunto com os Ministérios Públicos Federal e Estadual e as polícias Federal, Militar, Civil, Rodoviária, Corpo de Bombeiros e do Exército.

Comitê de Segurança já tem atuação virtual, com os representantes dos órgãos envolvidos e com ações de inteligência para evitar qualquer embaraço no pleito eleitoral, seu papel é de controle, orientação e decisão para subsidiar ações necessárias ao bom andamento do pleito, sob a coordenação dos desembargadores Ricardo Duailibe (presidente) e Tyrone Silva (vice-presidente e corregedor) do TRE.

O comandante geral da Polícia Militar do Maranhão, coronel Jorge Guerra Luongo, conversou com a imprensa e garantiu o emprego de 8 mil policiais em todo Maranhão para assegurar tranquilidade nos municípios maranhenses. “A preparação já está feita. Estamos na última fase, que é justamente de apoiamento dos municípios. Vamos transferir tropa da capital para o interior, e entre os interiores e também com Tropa de Pronto-Emprego e Tropa Reserva. Teremos cerca de 8 mil homens neste pleito eleitoral, garantindo segurança em todos os municípios do Maranhão.”, garantiu o coronel.

O comandante da PM-MA também ressaltou o trabalho conjunto com outros órgãos de segurança para as eleições. “Claro que, se houver alguma solicitação a gente reportará ao Comitê e teremos ajuda de todos órgãos que aqui se fizeram presente. Mas quero dizer que os juízes eleitorais já estão com as nossas listagens e a orientação é que a Polícia Militar atue junto com a Justiça Eleitoral para que o pleito ocorra tranquilo.”, finalizou

Em conversa com a reportagem de O Imparcial, o presidente do Tribunal Regional Eleitoral ressaltou a importância do envolvimento de todos os órgãos de segurança (estadual e federal) para garantir uma eleição tranquila.”O Comitê de Segurança é muito bem representado. As forças de inteligência de segurança do nosso estado estão envolvidas nesse projeto, nessa missão. O principal é que garanta ao eleitor maranhense, a tranquilidade que no domingo ele possa sair de casa, ir na sua seção eleitoral e praticar o grande gesto de cidadania que é o voto, que é livre e da consciência de cada eleitor.”, revelou.

De maneira física, o Comitê funcionará desde a véspera da eleição com atividades centralizadas na sede do TRE Regional, na Areinha. De forma integrada os poderes vão compartilhar de informações e tomar decisões conjuntas para neutralizar qualquer situação que coloque em risco a Eleição 2018.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO