PAÇO DO LUMIAR

Acusado de assassinar terceirizados da Cemar será julgado hoje

Segundo a polícia, Pablo está preso no Complexo Penitenciário de Pedrinhas desde o dia 22 de janeiro, sete dias após o crime.

Reprodução

Pablo Martins Silva, mais conhecido como “de menor”, vai a júri popular nesta quinta-feira, 3,  no Fórum Tácito Silveira Caldas, na comarca de Paço do Lumiar, região metropolitana de São Luís.

Ele e o irmão, um adolescente de 16 anos são apontados como responsáveis pelo duplo homicídio de funcionários terceirizados da Cemar, no Sítio Natureza no dia 15 de janeiro deste ano. As vítimas foram identificadas como João Victor Melo e Francivaldo Carvalho da Silva.

A sessão será comandada pelo juíz Roberto de Paula da 2° Vara Criminal de Paço do Lumiar. Serão ouvidas testemunhas do caso; o suspeito pelo crime; a defesa e o Ministério Público Federa (MPF).

Segundo a polícia, Pablo está preso no Complexo Penitenciário de Pedrinhas desde o dia 22 de janeiro, sete dias após o crime. Seu irmão cumpre medida sócio educativa na Fundação da Criança e do Adolescente (Funac), na capital. Ele também será ouvido durante o julgamento.

Relembre o caso

Na manhã de terça-feira do dia 15 de janeiro, por volta das 9h20, dois colaboradores da Companhia Energética do Maranhão (Cemar) foram mortos a tiros dentro do carro da empresa, no Sítio Natureza, em Paço do Lumiar.

Segundo informações da Polícia Militar, dois homens assassinaram a tiros os funcionários em horário de trabalho, supõe-se que a motivação tenha sido o corte de energia de uma residência da região. Os colaboradores da empresa tiveram morte instantânea, dentro do veículo.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias