ATAQUE

Flávio Dino é um “comunista gordinho”, sugere Bolsonaro

Presidente usou exemplos de líderes comunistas para atacar governador maranhense, que rebateu a declaração.

Foto: Reprodução.

Em uma declaração feita a apoiadores em sua chegada ao Palácio da Alvorada nesta terça-feira (11), o Presidente Jair Bolsonaro (PL) sugeriu que o Governador do Maranhão, Flávio Dino (PSB), seria um “comunista gordinho”.

Bolsonaro usou exemplos de “chefes comunistas gordinhos” para atacar a forma física do governador, que se recupera da Covid-19.

“A senhora [uma apoiadora, que estava no local] é do estado do Partido Comunista do Brasil. Você já reparou que os países comunistas, geralmente o chefe é gordo? (Risos) Coréia do Norte? Venezuela? São gordinhos, né? Maranhão [também]? (Risos)”, disse Bolsonaro.

Usando uma rede social para responder à crítica, Flávio Dino disse que o Presidente fez uma “Piada” sem graça, e que os “problemas federais são cada dia mais graves”, conclamando Bolsonaro a “trabalhar”.

Flavio Dino está em seu segundo mandato como governador do estado, e tem feito oposição ao governo de Jair Bolsonaro, especialmente quanto às ações de enfrentamento à pandemia de covid-19.

VER COMENTÁRIOS
Esportes
Entretenimento e Cultura
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias