CORONAVÍRUS

No Maranhão

2777
250868
226812
6601
'DE CASA NOVA'

Fora do PTB, deputado federal Pedro Lucas Fernandes pode assumir direção regional do PSL

A saída do PTB acontece depois da votação sobre o caso do também deputado federal, Daniel Silveira (PSL-RJ)

Foto: Reprodução

Nesta quarta-feira (24), o deputado federal Pedro Lucas Fernandes foi oficialmente destituído da liderança do PTB no Maranhão. O afastamento acontece depois da votação sobre o caso do também deputado federal, Daniel Silveira (PSL-RJ), no qual o Pedro Lucas votou pela manutenção, contrariando o presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, aliado do governo de Jair Bolsonaro.

Leia também: Duarte Jr e Yglésio protagonizam discussão acalorada em sessão da Assembleia

Hoje (25), em entrevista a um blog local, o deputado federal disse que deve decidir na próxima semana sobre seu futuro partidário. Pedro já recebeu convite de três partidos, sendo o PSL a sigla mais cotada. Caso seja confirmada a ingressão de Pedro Lucas Fernandes no ex-partido do presidente Bolsonaro, o deputado federal deve assumir direção regional do partido – hoje ocupada pelo vereador Chico Carvalho.

Quanto ao PTB, quem assumiu o comando da sigla, aqui no Estado, foi a deputada estadual Mical Damasceno.

Sobre o deputado

Pedro Lucas Fernandes foi considerado, pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), um dos 100 parlamentares mais influentes do Congresso Nacional no ano de 2020. O deputado federal vem conquistando espaço na Câmara Federal como um bom articulador político em pautas importantes para o Maranhão.

Na última segunda-feira (22), o deputado esteve em reunião com o governador Flávio Dino e secretário-chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares, para falar sobre os municípios maranhenses que estão sendo atingidos pelas recentes chuvas e outras demandas da Grande São Luís.

Pedro Lucas Fernandes, 41, teve papel importante na aprovação do Acordo de Salvaguardas de Tecnológicas que permitiu o uso do Centro de Lançamento de Alcântara pelos Estados Unidos, além de fortalecer a legenda do partido nas eleições de 2020 aumentando o número de prefeitos, vice-prefeitos e vereadores nos municípios maranhenses.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Entretenimento e Cultura
Esportes
Polícia
Mais Notícias