Reserva Indígena Cana Brava

Operação prende dois envolvidos em assaltos na BR 226

Uma operação conjunta das polícias civil, militar e rodoviária segue em curso a fim de interceptar as frequentes ocorrências de assaltos no trecho indígena da rodovia

Reprodução

As polícias civil e militar de Barra do Corda realizaram em conjunto no início da noite desta quarta-feira, 24, trabalhos de repreensão à ocorrências de assaltos na BR 226, no trecho da reserva indígena de Cana Brava.

Dois homens foram presos suspeitos de serem os responsáveis pelos assaltos dentro da reserva. A polícia já vinha investigando o indígena José Lopes Guajajara, morador da Aldeia Joá, e o não índio Thiago Pereira da Silva, que foi encontrado na aldeia Novo Egito. Os acusados se encontravam foragidos por já constarem contra eles mandados de prisão por diversos crimes de assalto a mão armada.

A ação contou também com o apoio da Polícia Rodoviária Federal que já tem novas metas de operações traçadas para o dia de hoje, 25. Segundo o delegado Renilton, novos integrantes de crimes à mão armada na rodovia. “Nosso intuito é trazer segurança para o cidadão que trafega na área indígena da BR”, conclui.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS