RETROSPECTIVA

Relembre seis acontecimentos curiosos que marcaram São Luís em 2017

2017 foi marcado por situações que reviraram São Luís de ponta-cabeça e deixaram os ludovicenses curiosos e pasmos. Relembre algumas delas!

2017 já está no fim e estamos em clima de retrospectiva. Para algumas pessoas, ficam as saudades. Já para outras, o término do ano é um alívio. Julgamentos a parte, temos que reconhecer que os meses que passaram foram cheios de acontecimentos curiosos que marcaram os dias dos ludovicenses. Agora, é relembrar e se preparar para um 2018 de Copa do Mundo e Eleições!

Terremoto em São Luís

Não teve tremor para quem quis. Logo em janeiro, no dia 3, uma terça-feira comum, foram registrados tremores de terra em algumas cidades do Maranhão. Segundo o Centro de Sismologia da USP, o abalo sísmico foi de 4,6 graus na escala Richter. A ilha foi, neste dia, um dos assuntos mais comentados do Twitter no mundo, e os maranhenses já estavam se preparando para o Apocalipse e para as sete pragas do Egito.

Terremoto atinge o Maranhão nesta manhã

Céu laranja

Quem lembra do dia em que os feeds do Instagram de todos os ludovicenses ficaram rosa e laranja? Haja foto! A tonalidade alaranjada, que fluía para o rosa, pintou o céu por conta dos reflexos da radiação solar através de uma grande nuvem, que não é vista comumente. O fenômeno ocorreu no dia 3 de março.

Céu alaranjado foi nuvem refletindo raios solares para baixo, diz meteorologista

Tromba d’água na praia de São Marcos

Outro fenômeno natural que desta vez fez os ludovicenses pensarem que a cabeça da serpente havia encontrado a cauda. Num sábado, dia 25 de março, banhistas foram surpreendidos por uma forte rajada de ventos vindos do mar, causando o fenômeno da tromba d’água.

Tromba d’água assusta banhista na praia de São Marcos; veja o vídeo

Visita dos muçulmanos

Recebemos, em maio, a visita de alguns senhores que chamaram muita atenção: paquistaneses que chegaram à capital e passaram até a ser vistoriados pela Polícia Federal, apenas por estarem “turistando” em terras tupiniquins, e, tradicionalmente, realizando seus cultos muçulmanos. De acordo com a PF, os visitantes chegaram ao Brasil pelo estado de Roraima, e passaram por outras capitais antes de chegar às cidades de São Luís e Pinheiro, no Maranhão.

Presença de muçulmanos em São Luís está sendo monitorada, diz PF

Polêmica do cacuriá

Quem não lembra do polêmico vídeo da apresentação de um grupo de cacuriá da ilha no arraial do Cohatrac? As cenas mostram integrantes da brincadeira dançando de uma forma talvez um pouco sensual demais. Candinho, responsável pelo grupo, desculpou-se e disse que os movimentos não faziam parte da coreografia, mas “alguns jovens se empolgaram com a plateia e fizeram aquela coisa”.

Conversamos com o ‘Cacuriá do Candinho’ sobre vídeo polêmico

Aniversário Bonde dos 40

Também foi inesquecível a noite em que foi possível ouvir fogos de artifício de Pedrinhas ao Maiobão. Apesar de não haver confirmações do poder público, nas redes sociais a repercussão e o veredito foram certeiros: a facção criminosa Bonde dos 40 comemorava, no dia 19 de outubro, dez anos desde sua criação.

Bonde dos 40 pode estar comemorando ‘aniversário’

VER COMENTÁRIOS
LER MATÉRIA COMPLETA
MOSTRAR MAIS