PONTO DE TRÁFICO

Chefe do Comando Vermelho no Bequimão é preso durante operação

A operação foi deflagrada após anos de denúncias dos moradores da região; os prédios inacabados, alvos da ação policial, pertencem ao PAC Rio Anil

A Polícia Civil iniciou na manhã desta quinta-feira, dia 23, uma operação de buscas em um condomínio inacabado no bairro Bequimão, em São Luís. Durante a ação, um dos chefes do Comando Vermelho na região, Luan Alexandre da Silva, foi preso com uma pistola.

A operação foi deflagrada após anos de denúncias dos moradores do bairro. De acordo com o Superintendente da Polícia Civil, Delegado Armando Pacheco, populares relatavam que eram praticados roubos e tentativas de estupro, e os criminosos corriam em direção ao condomínio inacabado.

Uma moradora que não quis se identificar, e mora há 30 anos no Bequimão, relatou que o bairro sempre foi tranquilo, mas, desde a ocupação dos prédios inacabados, o clima é de muita insegurança e os assaltos são constantes. “A gente espera que melhore depois da operação. Eu tenho medo de andar aqui embaixo sozinha, só ando com o meu marido”, contou.

Luan, um dos chefes do Comando Vermelho na região, foi preso com uma pistola

Os prédios fazem parte do PAC Rio Anil, o Programa de Aceleração em Crescimento. As obras, parceria do Governo Federal com a Prefeitura de São Luís, foram iniciadas em 2010, seis anos após serem anunciadas. Desde a paralisação do Programa, o ponto é utilizado para tráfico de drogas pelo Comando Vermelho.

Agora, a operação, que conta com apoio da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, além dos 80 Delegados mobilizados, segue em fase policial. “Estão sendo feitas perícias, porque lá tudo é clandestino, água e luz. Isso vai constar no inquérito policial”, relatou o Delegado Armando Pacheco.

MOSTRAR MAIS