CORONAVÍRUS

No Maranhão

3802
128846
117830
3138
ENCONTRO

Djalma Chaves e Nosly se apresentam em Brasília

A apresentação terá como convidados Erasmo Dibell e Carlos Pial no Teatro Sesc Silvio Barbato

nosly
Um reencontro de amigos e parceiros. Este é o clima prometido para a passagem de Andarilho Parador por Brasília/DF. Com o show, Djalma Chaves e Nosly estão percorrendo seis cidades brasileiras – a capital federal é a quarta do roteiro.

Acompanhados por Mauro Travincas (contrabaixo), Fleming Bastos (bateria), Murilo Rego (teclados) e Sued (guitarra), a cada cidade os músicos recebem convidados especiais, dialogando com a cena local. Em Brasília/DF, o palco do Teatro Sesc Silvio Barbato (Setor Comercial Sul, Quadra 2, Edifício Presidente Dutra) abrigará um reencontro de maranhenses: os convidados de Djalma Chaves e Nosly serão o cantor e compositor Erasmo Dibell e o percussionista Carlos Pial. O show acontece dia 22 de janeiro (sexta-feira), às 20h30min. Os ingressos serão trocados por um quilo de alimento não perecível.

“A receptividade do público tem sido muito boa pelas cidades onde passamos e chegar a Brasília, com este reencontro, tem sabor especial”, comemora Nosly. O show é baseado nos repertórios de Andarilho, de Djalma Chaves, e Parador, de Nosly, seus mais recentes discos. O primeiro, indicado ao Grammy latino ano passado, tem participação especial de Fagner; o segundo, de Zélia Duncan e Zeca Baleiro.

O repertório celebra ainda outros nomes da música do Maranhão, a exemplo de compositores como Jorge Thadeu e Ronald Pinheiro (autores de Aquela estrela, regravada por Nosly), Jorge Macau (autor de Gata e leoa, sucesso de Djalma Chaves), João do Vale (Pé no lajeiro), além do poeta Celso Borges (parceiro de Nosly em Aldeia) e da banda Toto (I’ll be over you).

“Dibell e Pial, além da importância para a música produzida no Maranhão ao longo de pelo menos os últimos 30 anos, já fazem, há mais tempo, o que é um dos objetivos deste projeto: levar a música produzida em nosso estado além de seus limites territoriais”, enaltece Djalma. 

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Notícia Boa
Checamos
Polícia
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias