ENGENHOSIDADE

Estudantes de 14 anos derrubam Internet da escola para evitar exames

Se os dois alunos tivessem colocado esse tipo de engenhosidade em seu trabalho de classe, eles poderiam ter tido mais sucesso.

Reprodução

Dois calouros da Secaucus High School, nos EUA, usando um aplicativo ou um programa de computador, conseguiram travar com sucesso a rede Wi-Fi da escola em várias ocasiões para evitar as provas, disseram as autoridades.

Os dois garotos de 14 anos foram acusados ​​de atividades criminosas por computador e conspiração para cometer atividades criminosas por computador depois que autoridades da escola notificaram a polícia na quinta-feira, 28 de março de 2019. Por serem juvenis, seus nomes não estão sendo divulgados.

“Nossa conexão Wi-Fi foi comprometida na semana passada”, disse a superintendente de escolas Jennifer Montesano na segunda-feira, 2 de abril. “O sistema foi restaurado e está agora totalmente operacional”.

Montesano não forneceu detalhes adicionais sobre o incidente, mas acrescentou que uma investigação encontrou dois estudantes “que podem ter estado envolvidos na interrupção do nosso sistema”.

Como grande parte do currículo da escola é baseado na Internet, a falta de conexão Wi-Fi interrompeu as tarefas diárias dos alunos. Acredita-se que os dois garotos receberam pedidos de outros estudantes para derrubar a rede.

Alunos entrevistados na segunda-feira (2) à tarde acreditam que os meninos usaram um programa de interrupção de Wi-Fi para enviar tanto tráfego para os roteadores que o sistema iria falhar, o que causou falhas de conexão quando os alunos tentavam fazer login, fazer trabalho de classe ou fazer exames em seus computadores.

VER COMENTÁRIOS
COLUNAS E OPINIÃO
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias