CORONAVÍRUS

No Maranhão

7936
193170
185533
4296

ELEIÇÕES 2020 Veja mais

FESTIVIDADES

Entenda como serão as comemorações de Natal e Réveillon na Grande Ilha

Entenda abaixo ponto a ponto o que está previsto e o que não está previsto para as comemorações de fim de ano

Reprodução

As comemorações de Natal e Réveillon serão diferen­tes neste ano na Ilha de São Luís por causa da pandemia de coronavírus. Mas não significa que não vão aconte­cer. Grandes festejos estão descartados, mas festas priva­das, decorações natalinas nas ruas e queima de fogos em pontos distintos vão acontecer. Entenda abaixo ponto a ponto o que está previsto e o que não está previsto para as comemorações de fim de ano.

Festas privadas

Festas privadas, sejam em casa ou em estabelecimen­tos comerciais, estão liberadas, desde que cumpram as regras sanitárias em vigor. Ou seja, nada muda em rela­ção ao que já ocorre atualmente. Entre as regras, está a de número máximo de 150 pessoas por evento. Esse é o limite permitido hoje por decreto. Essa quantidade pode mudar até dezembro, mas por ora é o que vale. “Tudo isso vai se manter durante o Natal e o período de Réveillon. Não há previsão de proibir essas festas”, diz o secretário de Estado da Cultura, Anderson Lindoso.

Decoração de Natal

O Governo do Maranhão vai fazer decorações em lo­cais públicos, ainda a serem definidos. Mas não haverá concentração em nenhum local, justamente para evitar aglomerações.

Shows e grandes festas

Atrações musicais ou grandes festas estão proibidas. “Eventos públicos feitos pelo governo estão descartados. Porque os nossos eventos atraem quantidade de pesso­as bem maior do que temos como segurança para esses eventos. No ano passado, foram mais de 150 mil pessoas na região da Litorânea. E o permitido hoje é no máximo 150 pessoas por evento”, explica o secretário Lindoso.

Queima de fogos

Na virada do ano, haverá queima de fogos. Mas o Go­verno do Maranhão vai distribuir esses espetáculos em diversos pontos da Ilha de São Luís para evitar aglome­rações. A ideia é que as pessoas vejam a queima de fo­gos de suas próprias residências ou das festas privadas em que estiverem.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Esportes
Polícia
Mais Notícias