ADVERTÊNCIA

Rodoviários bloqueiam garagem da Primor, em São Luís

A paralisação teve início nas primeiras horas do dia e segue sem previsão de término. Linhas que atendem Vinhais, Bequimão, Vicente Fialho, entre outros bairros, foram afetadas

O Sindicato dos Trabalhadores de Transporte Rodoviário bloqueia na manhã desta terça-feira, 20, a garagem da empresa Primor, na Cohama. A paralisação teve início nas primeiras horas do dia, e segue sem previsão de término.

De acordo com a categoria, benefícios como o plano de saúde estão sendo descontados da folha de pagamento, mas não estão disponíveis aos trabalhadores.

Diversas linhas que atendem os bairros do Vinhais, Bequimão, Vicente Fialho, entre outros, estão sendo afetadas. “Estamos na frente da garagem pedindo que os ônibus parem. Mas os trabalhadores são coagidos, se fazem alguma coisa são demitidos”, informa Charles Alves, da Central dos Trabalhadores do Brasil (CTB).

Ainda segundo os sindicalistas, se for preciso, outras garagens serão ocupadas, por conta da falta de pagamentos tanto de planos de saúde quanto dos tickets, e que há, ainda, o risco de parar tudo. “O usuário não pode ser afetado, mas nós trabalhamos em prol da classe”, diz Charles Alves.

A empresa Primor ainda não se manifestou sobre a suposta falta de pagamento. Em contato com a companhia, foi informado apenas que “o sindicato não está deixando os ônibus saírem da garagem”.

Transtornos

A paralisação causa transtornos para os usuários de transporte público. De acordo com transeuntes, as paradas e os ônibus estão lotados, e o trânsito se encontra lento em todo o trecho da Cohama e Angelim.

“A paralisação é válida pelo motivo de que eles devem sim ir atrás dos direitos deles, aliás, protestar é um direito de todos. Infelizmente causa transtornos sim, principalmente porque as vias daqui da cidade são super estreitas, então se acontecer algo, já causa grande engarrafamento na cidade toda”, diz o estudante Breno Frazão, que está parado no mesmo lugar por mais de 15 minutos.

Mais informações em breve

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS