IMPERATRIZ

Homem acusado de cometer pelo menos cinco estupros nega crimes

Segundo a polícia, o homem fez pelo menos quatro vítimas. Elvis Brito Ribeiro, de 35 anos, é acusado de invadir as residências das vítimas com o rosto coberto, faca em punho e sempre utilizar preservativo

Reprodução

Um homem identificado como Elvis Brito Ribeiro, de 35 anos, é acusado de cometer estupros no conjunto habitacional Teotônio Vilela, no bairro do Bom Jesus, em Imperatriz. De acordo com a Polícia, são pelo menos quatro vítimas – entre elas, uma afirma ter sido abusada duas vezes.

Elvis Brito Ribeiro foi capturado nesta quinta-feira, 8 – data que celebra o Dia Internacional da Mulher – por policiais do 14º Batalhão, no momento em que perseguia duas irmãs (uma criança e uma adolescente) e tentava levá-las para uma região de matagal.

O homem, que já tem passagens pela Polícia por violência doméstica contra a companheira, ameaça, lesão corporal dolosa e furto, nega os crimes. “Ele nega, diz que não foi ele, que no dia estava em outro lugar”, informa a Delegada Sylvanne Tenório, da Delegacia Especial da Mulher de Imperatriz.

A última vítima feita pelo acusado fez o reconhecimento do suspeito. “Ela disse que tinha certeza que era ele. Ela foi encaminhada para o CRAM [Rede de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher] desde o atendimento dela na Delegacia. As outras vítimas foram chamadas uma a uma”, disse a Delegada.

De acordo com as vítimas, o homem usava uma camisa amarrada no rosto, e deixava os olhos à mostra. Outro fato é que o estuprador sempre usava preservativo. O criminoso utilizava uma faca para coagir as vítimas, após invadir suas residências. Elvis se encontra agora a disposição da Justiça, e cumpre prisão preventiva. A Polícia segue realizando diligências para solucionar o crime.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS