SAÚDE

Se não tratada, Leishmaniose Visceral pode matar

Maranhão é um dos estados brasileiros com maior índice da doença. Conheça os sintomas e as formas de prevenção

Existem dois tipos de leishmaniose: a visceral (LV), conhecida como calazar e a leishmaniose tegumentar (LT), que é considerada uma doença de pele. Ambas são consideradas doenças infecciosas e são transmitidas por mosquitos palha infectados, porém para cada uma das leishmanioses, a transmissão é realizada por espécies de flebotomíneos distintas. A LV é caracterizada principalmente, por febre de longa duração, aumento do fígado e baço, além de perda de peso acentuada. Já a LT provoca feridas na pele e mucosas.

Foto: Frank Collins

« Anterior Próxima »2 / 4
VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS