CORONAVÍRUS

No Maranhão

2783
254182
229576
6783
ELEIÇÕES 2022

Roberto Costa afirma que o MDB está aberto para conversar com todos os partidos

Com mira apontada em 2022, Roberto Costa revelou que o MDB está conversando com diversas legendas dentro e fora do estado, independentemente de ideologias políticas

Reprodução

Em seu terceiro mandato no legislativo maranhense, o deputado estadual Roberto Costa (MDB), tem a missão de fortalecer a legenda do partido para as eleições de 2022. Reeleito com 35.214 votos nas eleições de 2018, Roberto Cost,a que assumiu a 4ª vice-presidência da Assembleia Legislativa do Maranhão, protagoniza atualmente no partido emedebista o papel  de articulador político

O vice-presidente do MDB, que foi escalado para coordenar as articulações para a participação do partido na briga por prefeituras em 2020, começa a traçar as estratégias para continuar o seu mandato como deputado estadual e impulsionar a candidatura da ex-governadora Roseana Sarney pela legenda, onde concorrerá provavelmente ao cargo de deputada federal nas eleições de 2022.

 “Um dos pontos importantes, se tratando da ex-governadora Roseana Sarney e do MDB, é que ela já declinou dessa situação de candidatura ao senado. Ela não vai concorrer ao senado, isso já foi definido por ela e pelo partido. Estamos numa discussão interna para saber qual o caminho para a ex-governadora e para o partido. Pela força eleitoral que ela tem a ex-governadora é colocada como pré-candidata ao governo do estado. Mas o partido também tem um interesse muito grande na candidatura dela a deputada federal. Porque através da candidatura da ex-governadora, nós conseguiremos fazer uma grande bancada federal. E o partido tem dialogado com ela de uma forma muito clara e transparente procurando o melhor caminho. O partido tem hoje uma tendência muito forte em indicar Roseana Sarney à Câmara Federal, mas se tiver a necessidade de termos uma candidatura ao governo do estado pode ser uma opção muito forte pela sua trajetória política”, adiantou Roberto Costa.

Avaliação das eleições 2020

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o MDB liderou o ranking nas eleições passada com 8.709 eleitos no país, sendo 772 prefeitos, 660 vice-prefeitos e 7.277 vereadores. Sobre os números, Roberto Costa fez um retrospecto do desempenho do partido no Maranhão. “A nível nacional o MDB saiu como o maior partido em número de prefeitos, vice-prefeitos e vereadores, e no Maranhão entramos em processo de crescimento. O partido passou por dificuldades depois das eleições de 2018, e tinha ainda os reflexos de 2014 quando saímos do governo e mantivemos uma posição de oposição, mas durante esse processo o partido está se reconstruindo. E nas eleições de 2020. elegemos 7 prefeitos, cerca de 17 vice-prefeitos, mais de 200 vereadores e partido continua dentro de um processo de crescimento e a legenda nacionalmente é muito forte. E essa força é passada para os estados e aqui no Maranhão tem ainda uma força muito grande eleitoral pela presença nos nossos quadros da ex-governadora Roseana Sarney”, ressaltou Roberto Costa.

Em entrevista a O Imparcial, o parlamentar maranhense contou como foi o diálogo que o MDB que estabeleceu com o governador Flávio Dino (PCdoB), recentemente quando foi recebido por ele no Palácio dos Leões, que aos olhos de alguns adversários políticos foi vista como uma aproximação do MDB para fazer parte da base de apoio ao governo. 

“Sempre mantivemos uma boa relação enquanto depurado estadual na Assembleia Legislativa com o governo. Em todos os momentos em que nós procuramos o governo na defesa dos interesses dos municípios do Maranhão que nós acompanhamos, sempre tivemos uma aceitação muito grande, uma abertura muito tranquila em todos os diálogos que mantivemos.  E esta foi a primeira audiência onde tivemos também a oportunidade de agradecer ao governador primeiro pela boa relação que nós temos com ele que temos na Assembleia. Segundo, fui agradecer em nome do partido o apoio que o governador deu para o candidato nosso a presidência da Câmara Federal, o nosso presidente nacional Baleia Rossi. A participação do govenador Fávio Dino foi fundamental, não só pela sua posição de governador do Maranhão, mas por ser uma liderança importante da esquerda brasileira e que se juntou ao projeto do MDB para a Câmara Federal”, disse Roberto Costa ressaltando o apoio de Dino ao MDB naquele momento.

Apoio do MDB a Lula está em discussão

O parlamentar revelou ainda, que durante o encontrou conversou com o governador sobre a situação de pandemia no estado e as intervenções que o governo tem feito para garantir leitos para atendimento da população e que falaram sobre 2022. “Os gestos que foram feitos até agora nos dá condições de manter um diálogo transparente e aberto sempre priorizando os interesses do Maranhão”, adiantou Roberto Costa.

Sobre as eleições de 2022, Roberto Costa enfatizou que o partido já está visando este projeto político que já está sendo discutido dentro do partido com os vários caminhos que estão sendo colocados, entre elas, composições políticas que podem acontecer até uma possível candidatura própria nas próximas eleições. “Estamos na fase de conjecturas, discussões e diálogos. Mas o importante é que o partido saiu acima de tudo das eleições de 2020 com uma grande vitória política ao deixar o isolamento e conversar com todas as forças políticas do estado. Do PCdoB ao PT, PDT, DEM, PTB. Em São Luís esse diálogo foi fundamental mesmo não participando da chapa majoritária, mas participamos de uma composição política que tinha na candidatura do deputado estadual Neto Evangelista (DEM) a representação dessa força política encontrava partidos da esquerda a direita fazendo uma composição importante dentro do processo político das eleições de São Luís que é a eleição mais importante do estado”, avaliou o parlamentar.

Roberto Costa enfatizou que o MDB está aberto a diálogos afirmando que no primeiro turno das eleições de 2020, o partido tomou a decisão de apoiar o deputado Neto Evangelista. E com a não ida de Neto para o segundo turno, a legenda emedebistaapoiou a candidatura de Eduardo Braide (Podemos) com os partidos que foram aliados no primeiro turno. O deputado acrescentou que esta foi uma das mais importantes decisões que foi tomada em grupo onde o caminho de um seria o caminho de todos. “Naquele momento decidimos o apoio pelo candidato Eduardo Braide, e que foi um apoio importante que consolidou a sua eleição. E hoje o partido faz parte da administração municipal, através do André Campos que é secretário de Assuntos Metropolitano da Prefeitura de São Luís”, ressaltando que o prefeito Eduardo Braide está começando a consolidar a sua gestão mesmo em um momento difícil com esta pandemia.

Questionado ainda sobre um possível apoio do partido ao ex-presidente Lula (PT) nas eleições de 2022 para presidente do Brasil, Roberto Costa, explicou que ainda é muito cedo para falar estabelecer um posicionamento definido. “O ex-presidente Lula conseguiu resgatar seus direitos políticos com a decisão do ministro Fachin, mas o cenário político ainda está muito conturbado. O MDB nacional tem procurado através da liderança de Baleia Rossi uma posição de independência. Inclusive independência ao próprio governo federal do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), e tem atuado na frente de um diálogo muito amplo. O partido tem dialogado com PT, tem dialogado com o PSDB, e em alguns momentos de uma forma clara com o DEM e com todas as forças políticas. Inclusive, o deputado federal Baleia Rossi recebeu o apoio do grupo de esquerda, quando disputou a presidência da Câmara e isso fez com que o MDB se aproximasse desse Centro na política brasileira”, disse Roberto Costa, afirmando, que o partido pode apoiar ou discutir uma candidatura interna para eleições presidenciais.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Entretenimento e Cultura
Esportes
Polícia
Mais Notícias