CORONAVÍRUS

No Maranhão

4675
167333
157810
3643
ELEIÇÕES 2020

Roberto Costa esclarece posição do MDB nas eleições: “Estamos escutando todos os candidatos”

Coordenador do MDB para a disputa de 2020, deputado estadual falou sobre a reunião com Rubens Júnior, pré-candidato do PCdoB, e sobre possível aliança com Eduardo Braide

Deputado estadual Roberto Costa, coordenador do MDB para as eleições: “A posição do partido é não haver veto”. Foto: Divulgação

O deputado estadual Roberto Costa, vice-presidente estadual do MDB e coordenador do partido para as eleições 2020, falou com exclusividade a O Imparcial sobre a posição do seu partido na disputa à Prefeitura de São Luís.

“A posição do partido é não haver veto. O que queremos discutir para escolhermos um candidato são exatamente as propostas que ele tem para a cidade”, afirmou Costa.

Segundo Costa, foi essa postura do MDB que norteou sua reunião com o pré-candidato do PCdoB, o deputado federal licenciado e ex-secretário estadual de Cidades Rubens Júnior.

“Discutimos o cenário de São Luís e projetos que ele tem defendido pra cidade, de avanços em vários setores, como mobilidade urbana e saúde. Temos posições antagônicas sobre algumas questões, isso já foi mais radicalizado, mas hoje vivemos numa conjuntura diferenciada, onde o diálogo tem sido o motor principal dessa fase. Conversamos em relação ao 1º turno, como o partido vai se posicionar e falamos que estamos escutando todos os candidatos. Foi um diálogo aberto, franco e muito amistoso. Foi bom ver que Rubens Júnior tem um projeto muito bom para a cidade de São Luís”, revelou o deputado emedebista.

E reforçou: “Nossas posições políticas sempre serão preservadas, o que será priorizado na decisão do MDB são os avanços que esses projetos apresentarão para São Luís”.

Questionado sobre uma possível aliança com Eduardo Braide, pré-candidato do Podemos e líder de intenção de voto nas pesquisas, Roberto Costa deixou em aberto: “O diálogo ainda está sendo feito”.

O MDB é um dos cinco partidos com mais tempo de TV na propaganda eleitoral gratuita – ao lado do PT, PSL, Progressistas e PSD. Destes partidos, já confirmaram aliança o PSL (coligado com Neto Evangelista, pré-candidato do DEM) e PSD (coligado com Eduardo Braide, pré-candidato do Podemos).

Devido à pandemia do novo coronavírus, as convenções partidárias para escolha de candidatos serão realizadas de 31 de agosto a 16 de setembro, e o primeiro turno deve ocorrer em 15 de novembro, com segundo turno em 29 de novembro.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Checamos
Polícia
Mais Notícias