BRASIL

Após polêmica, Bolsonaro demite Roberto Alvim

O secretário de Cultura foi exonerado após publicar vídeo onde faz apologia ao nazismo

Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro decidiu afastar o Secretário de Cultura, Roberto Alvim, após as polêmicas ao nazismo no Prêmio Nacional de Artes. Segundo o jornal Estado, que obteve informações com auxiliares do presidente, a situação do Secretário ficou insustentável. O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, já foi notificado.

Leia mais: Secretário da Cultura cita ministro de Hitler em pronunciamento

A grande repercussão se deu após a viralização do vídeo em que Alvim anuncia o Prêmio, o Secretário cita trechos do discurso ideológico nazista de Joseph Goebbels, ministro de Hitler.

Em entrevista ao Estado, o secretário diz repudiar o Nazismo, mas compactuar com a citação, afirmando que as ideias contidas nas frases são perfeitas para a situação. Alvim também declarou que se identifica com Goebbels e seu compromisso com a arte clássica e com o nacionalismo.

Leia mais: Maia pede demissão imediata do secretário da Cultura por citar nazista

Após as diversas declarações, até mesmo apoiadores do governo Bolsonaro cobraram uma posição do presidente. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, também foi às redes sociais cobrar o afastamento de Roberto Alvim.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Polícia
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias