OBRA

Galpão de Triagem vai aumentar reciclagem

Edivaldo vistoriou obras do galpão de triagem de material reciclável

Reprodução

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior tem cumprido uma extensa agenda de vistorias às obras que estão sendo executadas pela Prefeitura de São Luís em vários pontos da cidade. Ontem, o prefeito vistoriou as obras de construção do Ecoponto e Galpão de Triagem de Materiais Recicláveis Centro.

O galpão vai permitir o processamento de até dois mil quilos de materiais por dia, aumentando a taxa de reciclagem de São Luís e garantindo a destinação ambientalmente adequada dos resíduos sólidos produzidos na capital. Localizado no Anel Viário, o equipamento integra o eixo de fortalecimento das entidades de catadores de materiais recicláveis da macropolítica de gestão de resíduos sólidos implantada pelo prefeito Edivaldo.

O espaço será cedido à Associação de Catadores de Material Reciclável de São Luís (Ascamar) com toda a estrutura e maquinário necessários para que a entidade possa aumentar sua produção e profissionalizar suas atividades.

Durante a vistoria, o prefeito Edivaldo, que estava acompanhado da primeira-dama Camila Holanda e de secretários municipais, informou que a entrega do galpão à cooperativa será mais uma etapa importante da gestão de resíduos sólidos em São Luís.

“Desde o início da minha administração estamos profissionalizando a gestão de resíduos sólidos na capital, implantando todas as medidas previstas na Política Nacional de Resíduos Sólidos. Os galpões vão permitir que a cidade continue avançando nos índices de reciclagem, sustentabilidade, além de gerar emprego e dar condições de trabalho mais dignas aos catadores. Já temos 17 Ecopontos construídos, que garantem à população o descarte correto de tudo que pode ser reciclado. Até o fim da gestão serão 30 Ecopontos em pleno funcionamento. Agora, é a vez de fortalecer as cooperativas que recebem todo o material entregue nestes equipamentos”, disse o gestor municipal.

O Galpão de Triagem de Materiais Recicláveis Centro está com as obras avançadas. Já foram erguidas toda a estrutura metálica para a sustentação do equipamento. As paredes de alvenaria também já estão prontas. Na próxima semana, terá início a colocação do piso. Localizado no Anel Viário, anexo ao Ecoponto Centro cujas obras também estão em execução, o equipamento será cedido a Ascamar, que atualmente funciona de forma improvisada nos fundos do Ceprama.

Mini-indústria

O galpão conta com planta industrial e todas as instalações elétricas e hidráulicas serão embutidas, permitindo o fluxo seguro de pessoas, veículos e equipamentos no interior da unidade, evitando perdas no processo de triagem e riscos aos catadores que trabalharão no local.

Após a prensagem e enfardamento dos resíduos, todo o material será armazenado em uma área específica do Ecoponto Centro até que seja encaminhado à destinação final, evitando o acúmulo de materiais no interior do galpão. Com isto, a capacidade de processamento da unidade será de até dois mil quilos por dia. Este total é o dobro do que a Ascamar consegue processar em suas atuais instalações.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias