EM SÃO LUÍS

Executiva Nacional vem ao Maranhão para resolver impasse nas eleição do PT

“Eu fui considerado vitorioso pela Comissão Eleitoral e Kleber Gomes recorreu à Executiva Estadual”, disse Honorato.

Reprodução

O resultado do Processo Eleitoral Direto (PED) do Partido dos Trabalhadores (PT) no Maranhão continua indefinido no estado por conta de suspeitas de fraude da eleição em São Luís. O imbróglio tem como protagonista o grupo do deputado estadual Zé Inácio, que apoia Kleber Gomes para presidente municipal e o atual presidente estadual da sigla, Augusto Lobato, que tenta se reeleger, e o vereador Honorato Fernandes, que também concorre à presidência municipal. Ele entrou com um recurso  questionando o resultado da votação. Por conta disso, um representante da Executiva Nacional do PT desembarca nesta quarta-feira (25) para acompanhar de perto a situação.

A eleição do PED aconteceu no último dia 8 de setembro em três escolas da capital maranhense como local de votação. Das três escolas, somente em uma houve o pedido de impugnação de quatro urnas. Mesmo com o pedido das urnas, a comissão eleitoral do município declarou encerrado o processo de apuração, validando das 25 urnas somente 21e destas totalizando resultados de votos com a chapa nacional e estadual com 64% dos votos e com a chapa encabeçada por Honorato Fernandes 52% dos votos, sendo este o resultado da apuração da eleição. Após o fato, o vereador Honorato Fernandes entrou com o recurso pedindo uma contabilização das cinco urnas restantes que foi apresentado para a executiva estadual. Como resposta a executiva estadual negou o recurso e pediu a anulação da votação no colégio eleitoral do bairro do São Cristóvão que representa quase 34% dos eleitores de São Luís. Em decorrência disso, a militância também iniciou um manifesto nas redes sociais contra a decisão da direção estadual e pretende pressionar para que a Executiva Nacional confirme o primeiro resultado baseado na apuração das urnas da votação ocorrida no último dia 8 de setembro.

O prazo para o estado recorrer junto a Executiva Nacional encerrou na última sexta-feira (20). A instância nacional tem até o dia 05 de outubro para julgar todos os recursos no pais onde vai divulgar o resultado oficial da eleição do Brasil todo, inclusive no Maranhão. O Imparcial entrou em contato com o vereador Honorato Fernandes sobre este “cabo de guerra” entre os grupos do partido que informou que vai aguardar a analise dos recursos. 

“Eu fui considerado vitorioso pela comissão eleitoral e Kleber Gomes recorreu à executiva estadual e nós recorremos da decisão para a executiva nacional, decisão essa que ainda não tomou conhecimento. Vou aguardar a decisão da instância nacional com relação a todo processo eleitoral”, disse Honorato Fernandes.

A equipe de reportagem de O Imparcial entrou em contato com a assessoria de comunicação do Partido dos Trabalhadores para que algum representante da Executiva Nacional pudesse se posicionar com relação à situação e foi informada que o resultado final do Processo Eleitoral Direto (PED) de vários municípios em alguns estados até o momento ainda não foi divulgado por conta dos recursos. A reportagem chegou a pedir uma nota oficial sobre o caso, mas foi informada que o partido no momento não iria se pronunciar e que assim que o resultado final for definido será publicado no site do partido.

O resultado do Processo Eleitoral Direto (PED) do Partido dos Trabalhadores (PT) no Maranhão continua indefinido no estado por conta de suspeitas de fraude da eleição em São Luís. O imbróglio tem como protagonista o grupo do deputado estadual Zé Inácio, que apoia Kleber Gomes para presidente municipal e o atual presidente estadual da sigla, Augusto Lobato, que tenta se reeleger, e o vereador Honorato Fernandes, que também concorre à presidência municipal. Ele entrou com um recurso  questionando o resultado da votação. Por conta disso, um representante da Executiva Nacional do PT desembarca nesta quarta-feira (25) para acompanhar de perto a situação.

A eleição do PED aconteceu no último dia 8 de setembro em três escolas da capital maranhense como local de votação. Das três escolas, somente em uma houve o pedido de impugnação de quatro urnas. Mesmo com o pedido das urnas, a comissão eleitoral do município declarou encerrado o processo de apuração, validando das 25 urnas somente 21e destas totalizando resultados de votos com a chapa nacional e estadual com 64% dos votos e com a chapa encabeçada por Honorato Fernandes 52% dos votos, sendo este o resultado da apuração da eleição. Após o fato, o vereador Honorato Fernandes entrou com o recurso pedindo uma contabilização das cinco urnas restantes que foi apresentado para a executiva estadual. Como resposta a executiva estadual negou o recurso e pediu a anulação da votação no colégio eleitoral do bairro do São Cristóvão que representa quase 34% dos eleitores de São Luís. Em decorrência disso, a militância também iniciou um manifesto nas redes sociais contra a decisão da direção estadual e pretende pressionar para que a Executiva Nacional confirme o primeiro resultado baseado na apuração das urnas da votação ocorrida no último dia 8 de setembro.

O prazo para o estado recorrer junto a Executiva Nacional encerrou na última sexta-feira (20). A instância nacional tem até o dia 05 de outubro para julgar todos os recursos no pais onde vai divulgar o resultado oficial da eleição do Brasil todo, inclusive no Maranhão. O Imparcial entrou em contato com o vereador Honorato Fernandes sobre este “cabo de guerra” entre os grupos do partido que informou que vai aguardar a analise dos recursos. 

“Eu fui considerado vitorioso pela comissão eleitoral e Kleber Gomes recorreu à executiva estadual e nós recorremos da decisão para a executiva nacional, decisão essa que ainda não tomou conhecimento. Vou aguardar a decisão da instância nacional com relação a todo processo eleitoral”, disse Honorato Fernandes.

A equipe de reportagem de O Imparcial entrou em contato com a assessoria de comunicação do Partido dos Trabalhadores para que algum representante da Executiva Nacional pudesse se posicionar com relação à situação e foi informada que o resultado final do Processo Eleitoral Direto (PED) de vários municípios em alguns estados até o momento ainda não foi divulgado por conta dos recursos. A reportagem chegou a pedir uma nota oficial sobre o caso, mas foi informada que o partido no momento não iria se pronunciar e que assim que o resultado final for definido será publicado no site do partido.

entrou em contato com a assessoria de comunicação do Partido dos Trabalhadores para que algum representante da Executiva Nacional pudesse se posicionar com relação à situação e foi informada que o resultado final do Processo Eleitoral Direto (PED) de vários municípios em alguns estados até o momento ainda não foi divulgado por conta dos recursos. A reportagem chegou a pedir uma nota oficial sobre o caso, mas foi informada que o partido no momento não iria se pronunciar e que assim que o resultado final for definido será publicado no site do partido.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias