Peixe de Tobias

TRF concede habeas corpus para Ricardo Murad

Na noite do último sábado, 20, o ex-secretário de saúde do MA teve a prisão revogada pelo TRF-1

Reprodução

Na noite do último sábado, 20, o ex-secretário de saúde do MA teve a prisão revogada pela desembargadora Maria do Carmo Cardoso do Tribunal Regional Federal (1 Região). Murad estava preso desde a última quinta-feira, 18, após a deflagração de novas fases da Operação Sermão aos Peixes.

Segundo a Polícia Federal, foram coletados indícios de que aproximadamente de R$ 2 milhões de reais teriam sido desviados para uma empresa em Imperatriz, dinheiro este que deveria ser aplicado na saúde do Estado.

Sobre as operações

Na operação Abscondito II, a PF avança na investigação sobre o vazamento da primeira fase da Operação Sermão aos Peixes. A Polícia Federal reuniu elementos de prova de que os membros da organização criminosa conseguiram cooptar servidores públicos para a obtenção de informações privilegiadas da investigação. De posse de tais informações, houve a destruição e ocultação de provas.

Além disso, violando medidas cautelares impostas pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região, um dos investigados teria dilapidado seu patrimônio e transferido seus bens para terceiros visando impedir que fosse decretada a perda de tais bens.

As pessoas investigadas poderão responder pelos crimes de peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa, dentre outros que possam ainda ser apurados.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS