CRIME

Polícia Civil executa mandado de prisão por estupro de vulnerável em Imperatriz

A Polícia Civil do Maranhão ainda descobriu no processo de prisão, que o indivíduo é acusado de ser um dos executores no crime de homicídio do ex-prefeito de Praia Norte, no Tocantins

O homem foi preso pela Polícia Civil nessa segunda-feira (18).(Foto: Reprodução)

Durante a última sexta-feira (08), a Polícia Civil do Maranhão executou um mandado de prisão preventiva decorrente de decisão condenatória pelo crime de estupro de vulnerável no município de Imperatriz.

A 10ª Delegacia Regional de Imperatriz informou que o preso estava sendo investigado pelo crime de estupro de vulnerável, que ocorreu no ano de 2011 contra uma adolescente. Ainda de acordo com a Delegacia Regional, o processo resultou na expedição do mandado de prisão com pena de 8 anos de reclusão em regime fechado.

Ao ter ciência do referido mandado, uma equipe do Grupo de Pronto Emprego (GPE) de imediato realizou os levantamentos necessários localizando o autor e dando o cumprimento no referido mandado de prisão.

A Polícia Civil do Maranhão ainda descobriu durante o processo de prisão, que o indivíduo é acusado de ser um dos executores no crime de homicídio do ex-prefeito da cidade de Praia Norte, no Tocantins, em Janeiro de 2016. O preso foi encaminhado ao sistema prisional da região para dar início ao cumprimento de sentença.

VER COMENTÁRIOS
Esportes
Entretenimento e Cultura
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias