POLÍTICA DE LUTO

Classe política lamenta assassinato de ex-prefeito Nenzin

Na Assembleia Legislativa, os parlamentares, colegas do deputado estadual Rigo Teles, que é filho de Nenzin, lamentaram a morte e pediram apuração do caso.

Secap

Políticos de todo o Maranhão usaram as redes sociais para lamentar a morte do ex-prefeito de Barra do Corda, Manoel Mariano, o Nenzin. Ele foi assassinato brutalmente na manhã desta quarta, em sua fazenda.

O secretário estadual de comunicação e de Relações Institucionais, Márcio Jerry, pediu justiça e informou, via twitter, que “toda a cúpula da Secretaria de Segurança Pública se deslocou a Barra do Corda para todas as providências que elucidem o assassinato do ex-prefeito Nenzin”.

“Manifesto nosso pesar pela morte do ex-prefeito de Barra do Corda, Nenzin. Solidariedade aos amigos e familiares”, disse Jerry.

Weverton Rocha, deputado federal, também lamentou. “É um pesar o assassinato do ex-prefeito de Barra do Corda, Nenzin. Acima de tudo a vida e o respeito a ela. Minha solidariedade aos amigos e familiares”.

O senador Roberto Rocha (PSDB) usou o twitter para lamentar e enviar condolências à família.

Na Assembleia Legislativa, os parlamentares, colegas do deputado estadual Rigo Teles, que é filho de Nenzin, lamentaram a morte e pediram apuração do caso. “Deixo meus sentimentos a família e a todo povo daquela cidade”, disse Edizázio Júnior.

Bira do Pindaré (PSB) pediu que o Sistema de Segurança Pública do Estado apure o caso, bem como o deputado Zé Inácio (PT).

“E acredito que o sistema de segurança pública do Estado, através do Secretário Jefferson Portela, dará resposta com rapidez para elucidar esse crime que tem que ser tirado da página do Estado do Maranhão, que é o crime de pistolagem, porque tudo leva a crer que se trata de crime pistolagem. Acredito no sistema de segurança pública do Estado. Acho que o Secretário tomará as providências.

MOSTRAR MAIS