BR-402

Condutor do HB20 esclarece acidente que vitimou estrangeira

Durante ultrapassagem perigosa, o condutor do veículo e namorado da vítima, Bruno de Almeida Nunes, colidiu com um HB20 que vinha em sentido oposto

No último sábado, 28, um grave acidente na BR-402, próximo ao município de Santo Amaro, tirou a vida da estudante portuguesa Mônica Felipa Sousa Fernandes. Durante ultrapassagem perigosa, o condutor do veículo e namorado da vítima, Bruno de Almeida Nunes, colidiu com um HB20 que vinha em sentido oposto.

Cláudio Roberto Bastos, condutor do HB20, viu seu nome divulgado como causador do acidente em outros portais e blogs e, em nota, esclareceu:

Relativamente à matéria de título “Estrangeira morre em estrada próxima a Santo Amaro”, que noticia o grave acidente ocorrido na BR-402, na altura da localidade Algodão, em 28 de abril de 2018, venho por meio desta esclarecer que sou o condutor do veículo HB20 preto, estando a ordem dos fatos invertida uma vez que aquilo que na aludida matéria está sendo atribuído a mim, na condição de condutor do referido veículo, foi na verdade praticado pelo condutor do Ford K branco, tendo este, honestamente, assumido desde o primeiro momento total responsabilidade pelo trágico acidente, o que pode ser comprovado perante a Delegacia de Polícia Civil da cidade de Barreirinhas, local onde foram feitos os procedimentos de praxe, pelo que peço a divulgação desta.

Cláudio Roberto Bastos

Ford K em que estava Monica Filipa Sousa Fernandes (Foto: Divulgação)

As informações imediatas sobre o acidente foram repassadas pela Polícia Rodoviária Federal, que estava no local apurando o ocorrido.

Mônica Felipa Sousa Fernandes era natural de Lagos, Portugal. Estava no Brasil fazendo doutorado e completaria 30 anos no próximo dia 8 de maio.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS