Melhoria

Trânsito da Forquilha tem maior fluidez

Obra de readequação do trânsito na região da Forquilha fez com que os engarrafamentos no local praticamente sumissem

Reprodução

Mais uma etapa da obra da Forquilha foi concluída nesta semana com a liberação do cruzamento para fluxo de veículos após a implantação da sinalização semafórica pela Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT). Neste primeiro momento, a sinalização funcionará em caráter experimental podendo acontecer ajustes, caso necessário, segundo informou o secretário, Canindé Barros.

Ao falar sobre a conclusão de mais esta etapa da obra o secretário de Estado de Infraestrutura, Clayton Noleto disse que a intervenção na Forquilha é uma importante obra para melhoria da mobilidade naquele trecho. “Estamos trabalhando, em parceria com a Prefeitura, para que o mais breve possível a população possa usufruir desse serviço. A sinalização é uma parte crucial desta obra estruturante que vai transformar a área sanando problemas históricos, principalmente transtornos causados pelos engarrafamentos, promovendo a melhor fluidez no trânsito na localidade”, enfatizou Clayton Noleto.

Os semáforos instalados ao longo da via, segundo explicou o secretário Canindé Barros, estão sincronizados, criando o que se chama de “onda verde”, que permite a fluidez do trânsito de forma que os veículos sigam sem ficar parados em vários semáforos já que quando um sinal abre todos os demais estarão abertos. “É mais uma etapa da obra que estamos concluíndo. Prefeitura e Governo têm pressa em entregar essa que é uma das intervenções mais importantes para a melhoria do trânsito nesta área com impacto positivo em mais de 20 bairros”, disse Canindé Barros.

MOBILIDADE

Mesmo ainda não estando totalmente concluída, a intervenção na Forquilha já trouxe mais mobilidade a uma das áreas de maior fluxo de veículos da capital, segundo motoristas e comerciantes que conhecem bem o trânsito no local. “Aqui já está uma beleza para o que era antes. O trânsito está bem mais rápido e acredito que com a conclusão da obra terá fim o caos que era este trecho da Jerônimo de Albuquerque”, disse Abimael Pereira Fonseca que transita todos os dias pela via.

Valdir Alves, dono de uma oficina de lanternagem e pintura localizada próximo ao antigo retorno da Forquilha, também está otimista com a obra. “Trabalho aqui há 16 anos e o que sempre se viu foi um trânsito muito difícil. Agora acreditamos que vai melhorar com essa intervenção”, disse. “Precisava ser feito alguma coisa para melhorar o trânsito aqui e acreditamos que essa obra vai tornar a via mais rápida e segura”, completou o moto taxista, Nestor Conrado Filho, que trabalha em um ponto próximo à oficina do senhor Valdir Alves.

SOBRE A OBRA

A obra está em fase de conclusão, com mais de 90% dos serviços concluídos. Toda a parte de drenagem profunda está pronta, assim como os novos retornos, a divisão do fluxo de veículos, novo asfalto, construção de calçadas, meios-fios e sarjetas.

Também já foram realizadas intervenções para drenagem e pavimentação da Avenida Guajajaras e das rodovias MA-201 e MA-202, mais conhecidas como Estrada de Ribamar e Estrada da Maioba, respectivamente.

As alterações modificam o trânsito da região num entorno de aproximadamente 15 mil metros quadrados. Além das obras na Forquilha, outras importantes intervenções foram executadas para desafogar o trânsito na região. Entre elas estão as melhorias das condições de tráfego nas ruas dos bairros Forquilhinha e Cohab, que dão acesso à Avenida Jerônimo de Albuquerque, como Rua do Livramento, Rua 01, Avenida 08 e Rua 04, que já receberam serviços de drenagem e asfaltamento.

A mudança da geometria do tráfego na Forquilha integra o pacote dos projetos de intervenções apresentado pela Prefeitura de São Luís ao Governo do Estado que consiste na retirada de todas as rotatórias existentes na cidade, transformando-as em cruzamentos semafóricos. As mudanças previstas nesta parceria preveem obras desde a entrada da cidade, no Tirirical, até a Cohab.

MOSTRAR MAIS