Maranet

Internet grátis beneficia população de Pindaré

A Maranet consiste na instalação e disponibilização de internet gratuita em praça pública, feiras livres e em algum local que possibilite a participação da população como associação de moradores

Reprodução

Com uma população superior a 30 mil habitantes, Pindaré-Mirim passou a contar, desde a última sexta-feira (16), com mais um ponto da rede de internet grátis do Maranhão (Maranhão). O dispositivo que possibilita o acesso foi instalado na Praça Guajajaras e sua inauguração contou com a presença do secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação, Jhonatan Almada, do deputado estadual Bira do Pindaré, e do prefeito da cidade, Henrique Salgado. Também participaram do evento o secretário-adjunto da Secti, André Bello, o pró-reitor de Planejamento e Gestão do Iema, Emanuel Denner, o secretário municipal de Ciência e Tecnologia de Pindaré, Antônio Pestana, e a miss Pindaré, Tâmara Verde.

“A internet é um direito humano reconhecido pela Organização das Nações Unidas (ONU) e nós estamos tornando esse direito uma realidade para a população de vários municípios maranhenses. Logo teremos as inaugurações da Maranet em Arari, Caxias e na Praça Deodoro, em São Luís”, disse Jhonatan Almada.

“Vai ser muito bom para a população humilde da cidade”, comentou a dona de casa Fidelina Damasceno Henrique. Para Marcele Silveira (19), a Maranet vai impactar principalmente a vida dos jovens que, segundo ela, agora poderão aproveitar oportunidades. “Será muito bom para quem não tem internet em casa. Agora eles poderão aproveitar oportunidades como se inscrever no Enem.”

O deputado Bira do Pindaré falou da importância da internet para o desenvolvimento das cidades e para o combate à exclusão digital, de modo especial no Maranhão. O parlamentar lembrou que, apesar da crise, o governo Flávio Dino tem se esforçado para garantir esse benefício à população. “Trouxemos o Iema, estamos recuperando o Engenho Central e continuamos batalhando pelo ‘Mais asfalto’. Tudo isso é importante, mas faltava a internet gratuita”, destacou o parlamentar.

Para o prefeito da cidade, ao receber a Maranet, Pindaré virou uma referência, pois, de acordo com o político, é a única cidade do Vele do Pindaré a contar com um ponto da rede. “Por meio do secretário Jhonatan Almada e do deputado Bira do Pindaré agradeço ao governador Flávio Dino por essa iniciativa.”

Na opinião do gestor do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema), unidade plena de Pindaré, Franck Oliveira, a Maranet será um marco na história da cidade, principalmente porque, segundo Oliveira, grande parte da população da cidade não tem acesso à net. “Sem sombra de dúvida é de grande importância por conta da inclusão social que se dará na cidade. Com a Maranet, uma gama de pessoas que não acessavam a internet agora passa a contar com este equipamento público.”

Saiba mais
* A rede de internet grátis do Maranhão (Maranet) integra o programa ‘Cidadania Digital’ do Governo do Maranhão, que conta ainda com o ‘Ponto do Saber’. O Wi-Fi Grátis começou a ser instalado em São Luís em 2015. Na capital maranhense há pontos nos bairros Anjo da Guarda, Cidade Operária e Cento Histórico;

* A Maranet consiste na instalação e disponibilização de internet gratuita em praça pública, feiras livres e em algum local que possibilite a participação da população como associação de moradores. Na modalidade totem, o primeiro ponto da Maranet a ser instalado pelo Governo do Maranhão foi o do município de Vitória do Mearim, o que este ano;

* O ‘Ponto do Saber’ consiste na instalação e disponibilização de internet gratuita em escolas, associações ou outro espaço físico mediante acordo prévio com a Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti);

* Uma das condições básicas para a instalação do ‘Ponto do Saber’ é que o local deve ser aberto ao público. O dispositivo público se distingue pela oferta de cursos gratuitos à população como o de informática básica. Serve ainda para a realização de pesquisas e estudos;

* O primeiro ‘Ponto do Saber’ instalado pelo Governo do Maranhão está no Convento das Mercês, em São Luís. Foi inaugurado em 2016. Centenas de pessoas já passaram pelo ‘Ponto’ no Convento.