Religião

Conheça a História de São Cosme e Damião

São Cosme e Damião também são considerados protetores dos gêmeos e das crianças

Reprodução

Cosme e Damião eram dois irmãos gêmeos médicos e viveram na Ásia Menor. Ficaram conhecidos porque curavam pessoas e animais sem cobrar dinheiro. Morreram por volta do ano 300 d.C. degolados, vítimas de uma perseguição do imperador romano Deocleciano. No Candomblé e na Umbanda, o dia de Cosme e Damião é 27 de setembro.

Nessas crenças, eles são conhecidos como os orixás Ibejis. São filhos gêmeos de Xangô e Iansã. Os devotos e simpatizantes têm o costume de fazer caruru (uma comida típica da tradição afro-brasileira), chamado também de “Caruru dos Santos” e “Caruru dos sete meninos” que representam os sete irmãos (Cosme, Damião, Dou, Alabá, Crispim, Crispiniano e Talabi), e dar para as crianças.

Na Igreja Ortodoxa, os santos são celebrados no dia 1º de novembro. Já os ortodoxos gregos comemoram em 1º de julho.

São Cosme e Damião também são considerados protetores dos gêmeos e das crianças. Por isso, as pessoas criaram o costume de distribuir os doces para homenagear os santos ou cumprir promessas feitas a eles.

Por que ganhamos doces no dia 27?
Diz a lenda que há muito tempo havia uma senhora sem filhos, que vivia cercada de riquezas, mas sentia falta da alegria das crianças.

Durante um ano, nos dias pares, ela subiu uma montanha e fez orações pedindo a Deus a graça de ter filhos. Seu desejo foi realizado e, em 27 de setembro, nasceram Cosme e Damião.

Esta é a história que foi contada pela “Folhinha”, em setembro de 1997. Segundo a tradição, os irmãos teriam nascido na região da Egeia, na Ásia.

Leia também: https://oimparcial.com.br/entretenimento-e-cultura/2019/09/aprenda-a-fazer-2-simpatias-para-o-dia-de-sao-cosme-e-damiao/

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias