CORONAVÍRUS

No Maranhão

6407
88214
67541
2153
COMEMORAÇÃO

Semana do Bombeiro: Os heróis do cotidiano

Além de apagar incêndio, garantir a segurança, bombeiros fazem salvamentos e estão sendo bem requisitados nessa época de pandemia, entre outros auxílios

Reprodução

Eles não apenas são conhecidos por combater incêndios, mas salvam de afogamento, fazem parto, salvam bebês de engasgos, auxiliam em campanhas públicas, vistoriam eventos e mais recentemente, por causa da pandemia causada pelo novo coronavírus, têm sido bastante requisitados, seja para ajudar na organização para promover o distanciamento, quanto para desinfecção de ambientes e locais. Os bombeiros estão em toda parte e esta semana está acontecendo, em comemoração pelo Dia Nacional do Bombeiro, 2 de julho, eventos online e campanhas de incentivo ao uso de máscaras e álcool em gel, por exemplo.

Hoje, quarta-feira, dia 1º, acontecem três lives nas redes sociais oficiais do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão, a partir das 18h30, com os temas: “Hipertensão e Diabetes: Como identificar, acompanhar e prevenir sua saúde”; “Dicas de Prevenção a Acidentes Domésticos e Animais Peçonhentos” e “Afogamento: Prevenção e Cuidados”.

A programação encerra dia 4, com a apresentação técnico-profissional do BBMar (Batalhão de Bombeiros Marítimos) em parceria com o Centro Tático Aéreo simulando um salvamento de afogado, além de Ação de Educativa na praia conscientizando a população das medidas de preventivas do combate ao novo coronavírus e realização de entrega de máscaras. “A gente vem fazendo em todo o Brasil, essa semana de comemoração anualmente, mas este ano estamos fazendo de forma virtual, mostrando as nossas ações, ao mesmo tempo levando informações sobre temas relevantes com orientações para público de prevenção e cuidados. Para fechar a gente vai fazer uma live com a nossa banda musical”, disse o major Lisboa, chefe da seção de comunicação do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA).

Durante a pandemia esses profissionais foram bastante solicitados. De acordo com o major, eles entregaram, a pedido do Governo do Estado,  cerca de 100 mil cestas básicas em todo o Maranhão para a população mais vulnerável. “Tivemos um cuidado que foi além de distribuir, porque havia o problema de aglomeração de pessoas, então nós fomos na porta de cada uma dessas famílias entregar para não causar tumulto. Organizamos as filas em todos os pontos de vacinação durante a campanha no formato drive thru, no Castelinho, fizemos mais de 50 operações de desinfecção de logradouros públicos, e também fizemos as campanhas de conscientização para uso de máscara, uso do álcool em gel, o distanciamento social”, disse o major.

Prevenção contra queimada

Durante a semana do Bombeiro foi lançada também a campanha Maranhão sem Queimadas, que se estenderá pelo período de estiagem em todo o estado, para prevenir os focos de incêndios florestais. 

O Maranhão registrou no mês de maio deste ano,  231 focos de incêndio, 138 a mais do que o registrado no mês anterior, segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).  De acordo com o mesmo instituto, de janeiro a junho de 2020 o Maranhão teve 1.258 focos de queimada, 28% a menos do que o registrado no mesmo período, no ano passado (1.763). Com esse dado, o Maranhão fica em sexto dentre os que mais apresentaram focos de queimada este ano.

Um planejamento para evitar que esse número aumente já está sendo feito. Recentemente, representantes do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA),  da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e do Batalhão de Polícia Ambiental se reuniram para o planejamento das operações de prevenção e combate aos incêndios florestais no Maranhão. Entre os assuntos, foi debatida a contratação de 200 brigadistas para atuação no Parque Estadual do Mirador, unidade de conservação nacional, situada próximo às nascentes dos rios Alpercatas e Itapecuru.

De acordo com o major, o trabalho vai se intensificar neste mês. “A partir desse segundo semestre é normal que nos próximos meses o ambiente fique mais propício para propagação do fogo. Nós temos uma ferramenta importante hoje no Corpo de Bombeiros que é a descentralização das unidades operacionais, que tem um papel fundamental operando como ponto de apoio nesse trabalho de combate a incêndio no estado”, pontou.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Notícia Boa
Checamos
Polícia
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias