CORONAVÍRUS

No Maranhão

3733
181545
174412
3939
DIREITOS SOCIAIS

Ação social celebra os 30 anos do ECA em São Luís

A ação faz parte do projeto Vida Nascente, que já é desenvolvido por ambas as instituições, desde 2007

Reprodução

A comemoração dos 30 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que é o conjunto de normas do ordenamento jurídico brasileiro que tem como objetivo a proteção integral da criança e do adolescente, não passou despercebida em São Luís.  Moradores  do bairro Residencial Olímpico, em São José de Ribamar participaram ontem, domingo (12), de uma grande ação social promovida pela Fundação Justiça e Paz se Abraçarão e Fundação Josué Montelo para celebrar as três décadas do ECA e em memória de páscoa do Padre Bráulio Ayres, presidente do Conselho Curador da Fundação JPA.

A ação faz parte do projeto Vida Nascente, que já é desenvolvido por ambas as instituições, desde 2007, visando fortalecer e instrumentalizar famílias nas aprendizagens básicas sobre os cuidados e desenvolvimento infantil, as competências das famílias moradoras da região do bairro Residencial Olímpico e adjacências, com vistas ao enfrentamento ao uso de álcool, tabaco e outros drogas. “A ação que Padre Braúlio vive é uma proposta que nasceu depois que ele foi para o hospital acometido pela covid-19 como forma de darmos continuidade à ações sociais que ele já vinha desenvolvendo como padre da Cidade Olímpica com o projeto chamado “Esperançar”. A ideia é levar esperança para as pessoas mais carentes, mais vulneráveis das comunidades.

Depois da passagem dele, nós amigos, familiares e admiradores, resolvemos continuar esse projeto com vertentes feita pela Fundação Justiça e Paz Abraçarão, entidade que está na Cidade Olímpica desde 1997, ajudando as comunidades. E com o momento vulnerável que a sociedade está passando por conta da covid-19, resolver fazer ações de atenção à família. Pensamos no primeiro momento distribuir cestas básicas, quentinhas, semanalmente nestas comunidades, além de kits de higiene. E visitando as famílias carentes percebemos que muitas crianças   com verminoses, dermatites e outras doenças e resolvemos fazer uma ação social voltada para crianças de 0 a 6 anos. Queremos mostrar que nem a covid-19 conseguiu derrotar a esperança que padre Braúlio conseguia trazer para todos nós por meio de nossa motivação”, explicou Elivania Estrela Aires, executiva Social da Fundação Justiça e Paz se Abraçarão.

Para Jhonatan Soares, membro do Conselho curador da Fundação JPA, a ação é importante para dar mais visibilidade ao ECA e ações sociais do legado de Padre Braulio. “É uma ação que mantem viva o legado deixado por padre Braúlio, além de estarmos celebrando os 30 anos do ECA em nosso país, que foi uma das ações percussoras para a garantia dos diretos da criança e do adolescente”, disse Soares.

Em entrevista a O Imparcial Claudete Ribeiro, consultora da Fundação Josué Montello e do Projeto Cidadanear, com apoio do Unicef, ressaltou que ECA é o marco legal e regulatório dos direitos humanos de crianças e adolescentes. “O ECA nesses anos trouxe duas contribuições: a primeira de informar que crianças e adolescentes são sujeitas de direitos. E a segunda que eu considero um avanço que é criar uma cultura de diretos voltado para as crianças e adolescentes. Nesse aniversário de 30 anos do ECA existe um esforço de mobilização para que as famílias desses jovens se lembrem que recordem e coloquem na sua rotina e interiorize ainda mais sobre esses avanços para que possamos juntos exigir que nossos representantes públicos sejam mais efetivos e focados na garantia desses direitos”, ressaltou Claudete Ribeiro.

Durante o evento, foram oferecidos serviços de saúde básica, orientações sobre os cuidados e prevenção para evitar contágio do novo Coronavírus, além da entrega de kits de alimentação e higiene às crianças atendidas. A parceria contou com o apoio de outros mobilizadores, entre eles, a Associação Asa dos Pretos, a Organização Medicus Mundi Itália, o Centro Missionário de Verona, Coletivo Cidadanear e a Unicef.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Esportes
Polícia
Mais Notícias