CORONAVÍRUS

No Maranhão

868
53508
25120
1285
NOVOS HÁBITOS E REGRAS

Shoppings da Grande Ilha executam medidas sanitárias para reabertura no próximo dia 15

Saiba o que o público vai encontrar nos centros de compras. Shoppings não serão espaços de passeio.

Shopping Pátio Norte também segue protocolos sanitários mais rígidos para a volta das atividades. Foto: Divulgação

Fechados desde a segunda quinzena de março, como forma de garantir o isolamento social da população e, por consequência, evitar a proliferação do novo coronavírus, os shoppings da Grande São Luís se preparam para reabrir as lojas na próxima segunda-feira (15). Lógico, seguindo os protocolos de segurança sanitária e garantindo a saúde dos clientes.

Apesar da notícia da reabertura do comércio não-essencial, isso não significa que os estabelecimentos estarão funcionando a todo vapor já na semana que vem. O Imparcial entrou em contato com os principais shoppings da cidade e observou que os protocolos, discutidos entre as administrações de cada um deles e a SEINC (Secretaria de Estado da Indústria, Comércio e Serviços), seguem os mesmos padrões, com variação apenas de acordo com as peculiaridades de cada shopping. Por exemplo, no que diz respeito aos acessos dos clientes, que não encontrarão todas as portarias abertas em alguns lugares.

A Abrasce mostra que os shoppings devem seguir protocolos de operação para o retorno das atividades

Esta semana, a SEINC faz visitas a todos os shoppings, para verificar em que pé está a implementação das medidas necessárias para a reabertura. Até o fim de semana, podem ser necessários novos ajustes. Shoppings aguardam definições, mas asseguram já ter iniciado as mudanças.

Ar condicionado X ar puro

Apesar da expectativa pela reabertura das lojas nesses locais, parte da população demonstra preocupação com os espaços dos shoppings, que em geral têm pouca ou nenhuma ventilação natural.

Orientações do Ministério da Saúde e da própria Organização Mundial da Saúde (OMS) dão conta de que manter os ambientes arejados é fundamental para evitar a proliferação de vírus, como o novo coronavírus, e outros microorganismos.

Em relação a isso, os shoppings que responderam a O Imparcial afirmaram que todos os filtros de ar condicionados foram higienizados e, dependendo do caso, até trocados por novos. Em alguns shoppings, portas serão mantidas abertas para favorecer a entrada do ar puro.

O que vai funcionar?

Tudo ocorrerá de forma gradual. De um modo geral, quase todas as operações irão funcionar: lojas, quiosques, clínicas, supermercados, cursos, salões de beleza, entre outros.

O que não vai funcionar?

Praças de alimentação, cinemas, áreas infantis e outras operações de lazer e entretenimento seguem sem autorização para funcionamento. Os restaurantes apenas podem funcionar na modalidade delivery (entrega à domicílio) e drive-thru (retirada no local).

A realização de eventos ou de qualquer ação que cause aglomeração também continua vedada.

Medidas sanitárias

O álcool em gel é indispensável durante o tempo de permanência nos shoppings. Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

As principais alterações dizem respeito à redução do horário de atendimento, controle de tráfego de pessoas com a redução do número de vagas de estacionamento em 50% e do número de entradas para acesso do público ao shopping.

Todos os clientes, ao entrarem no shopping, precisarão passar por aferição de temperatura com termômetros digitais de detecção à distância. Também haverá disponibilização de álcool em gel, bactericidas nos tapetes e o uso obrigatório de máscaras para funcionários, lojistas e frequentadores, além de indicadores de distanciamento – de dois metros – e controle de acesso aos elevadores e escadas rolantes.

A limpeza e de desinfecção das áreas públicas, especialmente nas áreas de contato, tais como maçanetas, escadas rolantes, corrimãos e máquinas de pagamentos, e nas áreas comuns, como banheiros, serão intensificadas.

Todos esses procedimentos minuciosos buscam garantir a preservação da saúde de clientes, colaboradores e demais frequentadores dos shoppings.

De acordo com os shoppings contactados por O Imparcial, essa reabertura segue o protocolo de operações desenvolvido pela Associação Brasileira de Shoppings Centers (Abrasce), criado a partir de experiências internacionais, boas práticas de outros setores e também com recomendações de especialistas da saúde.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Notícia Boa
Checamos
Polícia
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias