FRENTES DE TRABALHO

Programa “São Luís em Obras” transforma a cidade

Lançado em agosto o programa municipal “São Luís em Obras” transforma a capital maranhense

Reprodução

Com o programa municipal “São Luís em Obras”, lançado em agosto, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) investe em grandes transformações na cidade e já abriu mais de 20 frentes de trabalho contemplando áreas como infraestrutura, saúde, educação, mobilidade urbana, entre outras. Nesta nova fase de investimentos, as frentes de asfaltamento já chegaram a bairros como Vinhais, Cohatrac e na Avenida Guajajaras que, no somatório, deve atingir mais 50 quilômetros de pavimentação nessas três áreas. O cronograma de asfaltamento irá contemplar ainda regiões da capital como Cohab, Angelim, Cidade Operária, Itaqui-Bacanga e zona rural.

Não é exagero dizer que São Luís vive um novo cenário com todas essas frentes de trabalho. O prefeito Edivaldo Holanda Junior vem investindo em serviços de pavimentação, drenagem, reforma de mercados e outros espaços públicos, construção de escola e Ecopontos, reforma de unidades de saúde, entre outras. O grande pacote de intervenções visa promover uma transformação positiva na cidade e na vida dos moradores.

Espaços de grande importância histórica e que há anos não passavam por reforma como a Praça da Bíblia, Parque do Bom Menino e Fonte das Pedras estão com serviços em pleno andamento e quando concluídos irão embelezar ainda mais o Centro de São Luís e devem se transformar em novos espaços de lazer e diversão para famílias e de visitação para os turistas. “O São Luís em Obras é o resultado desse bom planejamento e do compromisso que temos com nossa população. Com o programa, estamos ampliando as ações para o desenvolvimento social e econômico da cidade. Vamos deixar um grande legado em várias áreas”, diz o prefeito Edivaldo.

A Praça da Bíblia já teve sua estrutura anterior totalmente demolida para se tornar um logradouro totalmente renovado, com novo piso e iluminação pública, com quiosques para lanches, bancas de revista, academia de ginástica e um parquinho de lazer para crianças, além de bicicletário e novas paradas de ônibus.

Também em andamento estão as obras do Estádio Nhozinho Santos, na Vila Passos, que está sendo reformado e modernizado para se tornar uma grande arena de futebol, apto a receber jogos de todas as divisões.

Infraestrutura urbana

E depois das fortes chuvas que atingiram a cidade este ano, os serviços de recapeamento asfáltico não poderiam ficar de fora do programa. Em andamento, já estão os trabalhos no Cohatrac, no Vinhais e na Avenida Guajajaras. No Cohatrac, o recapeamento foi iniciado pela Avenida Contorno Sul. A Avenida Leste Oeste, da entrada do bairro até a rotatória da Igreja Católica, também já está com camada asfáltica novinha. As equipes seguem trabalhando na Avenida Contorno Norte e Avenida Principal do Jardim das Margaridas e em outras ruas da região. O planejamento para asfaltamento no bairro prevê, além das avenidas, cerca de 40 vias secundárias.

No Vinhais, pouco mais de 15 dias após o inicio das obras, o bairro está com outro cenário. Avenidas e dezenas de ruas já estão asfaltadas. Na Guajajaras, já tem asfalto entre o retorno do Tirirical e a igreja do São Cristóvão. Serão pavimentados os dois sentidos da avenida, totalizando cerca de oito quilômetros de extensão.

No Centro, a Prefeitura conclui no final desta semana a implantação de rede de drenagem e da nova pavimentação no encontro da Rua Celso Magalhães com a Avenida Silva Maia, onde também estão sendo recuperadas calçadas, meio-fio e sarjetas. Na Vila Sarney, as ações do são Luís em Obras realizam a implantação de um canal aberto e a construção de uma ponte.

Com o São Luís em Obras, estamos ampliando as ações para o desenvolvimento social e econômico da cidade. Vamos deixar um grande legado em várias áreas

O São Luís em Obras alcança também outras áreas da gestão municipal como a limpeza urbana. Com a construção de mais três Ecopontos e dois galpões de triagem, o prefeito Edivaldo segue investindo na política de gestão de resíduos sólidos. Os três novos equipamentos estarão localizados na Vila Isabel, no Centro, no Cohatrac e no Barreto. Os galpões de triagem estão sendo construídos ao lado dos Ecopontos da Vila Isabel e do Centro.

Mercados

E o trabalho do Programa São Luís em Obras já alcança também os mercados do Coroadinho e das Tulhas, na Praia Grande. A reforma dos dois espaços possibilitará melhorias para consumidores e feirantes. No Coroadinho, onde trabalham 109 feirantes, o equipamento municipal será praticamente refeito  e ampliado.

Já no tradicional no Mercado das Tulhas serão realizadas intervenções na estrutura física, elétrica, hidráulica, sanitária e a modernização de toda área, preservando os elementos construtivos originais do espaço, que fica localizado no coração do Centro Histórico. O Programa São Luís em Obras também contempla áreas como Assistência Social e Educação. A Unidade de Acolhimento Casa de Passagem, gerenciado pela Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas) e que recebe crianças em situação de vulnerabilidade, está sendo reformada. A Casa de Passagem ainda receberá serviços de pintura, recuperação nas áreas de reboco; recuperação do piso externo, entre outros. Na área da Educação, estão sendo destinados recursos para a construção da Creche da Cidade Operária, escolas de ensino básico, entre outros.

Saúde

O prefeito Edivaldo anunciou uma nova frente de trabalho com a assinatura da Ordem de Serviço para a reforma de 18 equipamentos e unidades de saúde. No Centro Especialidades Odontológicas (CEO), as obras já começaram. A reforma do espaço vai proporcionar uma estrutura mais adequada para a oferta dos serviços e, ainda, favorecer a acessibilidade, para que pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida sejam atendidas.

Quatro perguntas para o prefeito Edivaldo

Prefeito, o programa São Luís em Obras tem chamado a atenção por sua grande abrangência, sendo assim, o que a população pode esperar dessa iniciativa?

O programa São Luís em Obras nasceu da necessidade de reforçarmos os investimentos em algumas áreas, especialmente no que diz respeito à infraestrutura urbana e chega para melhorar ainda mais a vida do ludovicense em vários aspectos. A cidade de São Luís enfrentou todos esses anos fortes chuvas e o inverno deste ano foi o mais longo e volumoso das últimas décadas, o que faz-se necessário o trabalho de recuperação de ruas e avenidas, por exemplo. Além disso, vamos continuar urbanizando bairros, melhorando a mobilidade com obras de intervenção urbana, reformando praças e revitalizando espaços importantes para a cidade, como o Parque do Bom Menino, a Praça da Bíblia, a Fonte das Pedras, o Estádio Nhozinho Santos, entres outros que guardam parte importante da memória da nossa cidade. Fortalecendo a infraestrutura urbana e tornando os espaços públicos mais aprazíveis, todos ganham.

Como, em meio a uma crise econômica nacional, a Prefeitura de São Luís consegue realizar tantas obras?

Inicie meu mandato com o país em crise, que se agravou ano a ano. Nunca me acuei diante desse cenário de adversidade e busquei no planejamento e criatividade as saídas para driblar as dificuldades. Minha a administração sempre trabalhou com planejamento. À medida em que identificamos as necessidades, elencando as prioridades e planejando a execução das obras e serviços. Dessa forma, fomos evoluindo gradativamente em diversas áreas e, hoje, já podemos visualizar os resultados positivos deste trabalho que vem sendo feito. Outros gestores, mesmo em épocas que não havia escassez de recursos públicos, não conseguiram fazer tanto por São Luís. O programa São Luís em Obras é fruto deste bom planejamento e do compromisso que temos com o cidadão.

Atualmente, quais as obras do programa que estão em andamento?

Estamos trabalhando em diversas áreas da cidade. Os trabalhos de pavimentação, por exemplo, estão em pleno vapor no Cohatrac, no Vinhais e na Avenida Guajajaras. Ainda na área da infraestrutura urbana, estamos executando serviços de drenagem na Vila Sarney e no Centro. Também estamos reformando os mercados do Coroadinho e das Tulhas, na Praia Grande, e espaços como o Estádio Nhozinho Santos, o Parque do Bom Menino, a Fonte das Pedras e a Praça da Bíblia. Estamos construindo quatro novos Ecopontos, na Vila Isabel, Centro/Anel Viário, Cohatrac e Barreto, além de dois galpões de triagem no Centro e na Vila Isabel. Com isso, chegamos a 21 equipamentos de coleta seletiva – 19 Ecopontos e dois galpões de triagem. A construção de Ecopontos é um marco em São Luís junto com tudo que temos feito na área de limpeza e sustentabilidade. Nossa meta, como sempre falei, é encerrar a gestão com trinta Ecopontos. O São Luís em Obras também alcança as áreas da Saúde, Educação e Assistência Social. Nessas já temos diversos equipamentos municipais em reforma, entre esses o Centro de Especialidades Odontológicas da Alemanha, que visitei sexta-feira; a Creche na Cidade Operária, que vamos entregar nos próximos dias; e a Reforma da Casa de Passagem, que é um importante equipamento da nossa rede de acolhimento de crianças e adolescentes.

Quais são os próximos passos do programa São Luís em Obras?

Toda semana iniciamos novas frentes de trabalho. Nesta terça, dia 8, as equipes já iniciam as obras de asfaltamento no bairro Angelim e gradativamente vamos chegar a muitas outras regiões, como a zona rural e Cidade Operária, por exemplo. O programa São Luís em Obras prevê também a reforma de outros mercados municipais, entre esses o da Cohab; a urbanização da Fonte do Bispo, cujo projeto receberei nesta semana; requalificação da Praça da Saudade, Praça da Misericórdia e entorno; além de intervenções viárias em diferentes pontos da cidade. É sem dúvida o maior programa de investimentos em obras que São Luís recebeu. Estamos com muito trabalho já em andamento e muito mais ainda para ser iniciados.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias