DIA DA ÁRVORE

Por que é comemorado em setembro?

A cidade de São Luís está repleta de parques e local onde existem muitas árvores

Reprodução

Quando a gente cresce, não é tão comum assim comemorarmos datas como o Dia do Índio ou o Dia da Árvore. Mesmo assim, é interessante saber por que essas datas são comemoradas e entender o significado que existe por trás dessas festividades.

No caso do Dia da Árvore, comemorado no dia 21 de setembro, a data foi escolhida por anteceder o início da Primavera no hemisfério sul. Dependendo do ano, a estação tem início no dia 22 ou 23 de setembro.

O mais interessante é que, apesar de ser conhecido pelo nome Dia da Árvore, a data hoje em dia tem outro nome: Festa Anual das Árvores. Essa nomenclatura foi instituída em 1965, mais exatamente no dia 24 de fevereiro, pelo decreto federal 55.759.

Por que se comemora o Dia da Árvore?

O objetivo da comemoração, para quem sempre se perguntou, é promover a importância da preservação das árvores e das florestas. A data também serve para lembrar a proteção do meio ambiente com atitudes que trazem benefícios à natureza. O Dia da Árvore também promove a reflexão a respeito das consequências do desmatamento e da expansão da poluição. Esse é um ótimo momento também para relembrar às pessoas que as árvores são responsáveis por proporcionar o oxigênio que respiramos, a sombra que nos ajuda a refrescar enquanto caminhamos na rua.

Isso, claro, sem mencionar a importância das árvores para o equilíbrio do ecossistema. As árvores ainda aumentam a umidade do ar devido à evapotranspiração, evitam erosões, reduzem a temperatura e assim por diante.

Até mesmo na parte econômica, as árvores são importantes. Elas nos oferecem frutos, a madeira que elas oferecem servem de matéria-prima para a produção de móveis e para a construção civil, assim como a celulose – extraída de pinheiros e eucaliptos -, são fundamentais para a produção de papel. Algumas espécies ainda são peça-chave para a indústria farmacêutica.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias