CORPO DE BOMBEIROS

Incêndios em empresas caem 18% na capital

A região metropolitana de São Luís registra significativa redução de 18% de incêndios em prédios que abrigam empresas, em relação ao ano passado

Reprodução

O Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão está atento às medidas de prevenção de incêndios, exigindo dos empresários e responsáveis por obras o atendimento às normas constantes na Certificação de Aprovação, documento expedido pelo CBM, contendo normas técnicas que norteiam as providências para prevenção de sinistros.

Por outro lado, a região metropolitana de São Luís apresenta significativa redução de registro de queimadas, alcançando o patamar de 18% a menos em relação ao ano passado.

O major BM José Lisboa, subchefe de Comunicação do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão, informou que o Certificado de Aprovação expedido pelo Corpo de Bombeiros atesta a segurança física das instalações para uso do fluxo de pessoas. Sua expedição se dá após os proprietários ou responsáveis atenderam as exigências dos itens de segurança, conforme a área, natureza de serviço etc.

Em geral, é exigido sinalização de emergência, iluminação de emergência, sistema fixo de hidrantes com reserva de água para qualquer emergência e também brigadistas treinados, visto que estes devem ser funcionários da empresa, visando a intervenção imediata, em caso de fogo, para evitar que se propague e chegue a nível de incêndio.

O Certificado de Aprovação é renovado a cada ano e só é expedido após equipe técnica da Diretoria de Atividade Técnica do Corpo de Bombeiros verificar se as normas estão sendo atendidas, observando também o projeto do prédio. “Somente assim é que o Corpo de Bombeiros concede a certificação”, assegura o major Lisboa. Ele disse que os condomínios, tem que atender todas normas exigidas e, por ser de classe multifamiliar, é exigido que as áreas comuns sejam dotadas de extintores com a devida sinalização em locais estratégicos e de fácil acesso, sistema fixo de hidrantes com alimentação própria de água e funcionários treinados para combater fogo. “O combate inicial é feito por brigadistas que evitam que o fogo se propague e vire incêndio. Para isso a capacitação é preponderante”, garante o major Lisboa. Ele disse ainda que recomenda-se que as empresas de modo geral, procurem o Corpo de Bombeiros Militar, façam a sua Certificação de Aprovação e evitem sinistros e prejuízos maiores.

No caso do incêndio na Loja do Grupo Novo Mundo, no conjunto da Cohab-Anil, a loja estava com sua documentação em dia e com todos os recursos técnicos atendidos, assim como um grupo de brigadistas treinados, fatores que evitaram que o incêndio alcançasse maiores proporções.

Em caso de incêndios em edifícios, o major Lisboa garantiu que o Corpo de Bombeiros do Maranhão está apto a dar combate a sinistro com toda eficiência, contando, para isso, com uma escada magirus de 40 metros, mas afirmou que os edifícios que dispõem dos equipamentos de segurança exigidos pelo Corpo de Bombeiros estão preparados para debelar o fogo, tornando impossível um incêndio de maiores proporções.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias