DIA NACIONAL DO TRÂNSITO

Atropelamentos crescem 72% na Ilha

O Dia Nacional do Trânsito é comemorado hoje e mostra números que chamam a atenção da população, principalmente nas tragédias que acontecem nas ruas da capital

Reprodução

São Luís registrou no ano passado 11 acidentes com vítimas fatais, enquanto que, nos primeiros seis meses do ano fluente, já ocorreram 19 vítimas fatais, um aumento de ocorrências em torno de 72% , significando uma previsão nada salutar para este ano. No Maranhão, em 2018,  1.332 pessoas morreram vitimadas por acidentes no trânsito, dos quais 680 foram motociclistas, atingindo o patamar de 51%.

O Dia Nacional do Trânsito é comemorado hoje, 25 de setembro, data que faz parte da Semana Nacional do trânsito, que ocorre todos os anos, no período de 18 a 25 deste mês. O principal objetivo desta data é o desenvolvimento da conscientização social sobre os cuidados básicos que todo o motorista e pedestre devem ter no trânsito.

O dia  foi instituído a partir do surgimento do Código de Trânsito Brasileiro, em setembro de 1997. Todos os anos um tema específico é debatido ao longo de toda a Semana do Trânsito. Os temas abordados são escolhidos pelo Contran (Conselho Nacional de Trânsito). O Brasil é um dos países com mais acidentes de trânsito, nos quais morrem, por ano, aproximadamente 40 mil pessoas.

No Maranhão, no ano passado, foram registradas mortes de  1.332 pessoas, sendo que, destas, 680 foram passageiros ou condutores de motocicletas, o que equivale a 51 por cento dos óbitos. A informação é de Lourival da Cunha Sousa, presidente da SOS Vidas, entidade civil que trabalha por melhorias no trânsito, através de campanhas educativas para um  trânsito mais seguro.

Lourival da Cunha avalia que ocorrências e mortes no trânsito como acidente é errado. Ele disse que acidente é algo imprevisível que acontece. “No trânsito, no entanto, é previsível, visto que se constata absoluta falta de políticas públicas voltadas para promover melhor educação para o trânsito a partir do ensino básico até ao superior, aliada a ações voltadas para maior fiscalização e punição rigorosa, para que se obtenha resultados mais imediatos”, garante.

Conforme disse, dos 217 municípios existentes no Maranhão, somente 60 já têm o trânsito municipalizado, porém, de fato, só funciona em cerca de 15.

Visando contribuir para a redução destas estatísticas funestas, a entidade SOS Vida desenvolve ações educativas em escolas e nas ruas, tendo editado uma cartilha que é distribuída nas escolas; promove a capacitação de professores, campanhas educativas voltadas para pedestres e condutores de veículos automotores.

No dia 18 passado, a SOS Vida lançou uma campanha educativa voltada para motociclistas, inclusive com aulas gratuitas preparatórias para a aquisição de suas habilitações. “Com isso, visando melhorar o nível de educações no trânsito, deste segmento, de forma a promover a prevenção dos acidentes e preservação de vidas disse Lourival da Cunha.

Algumas das atitudes que ajudam a evitar acidentes no trânsito são:

  • Não dirigir alcoolizado;
  • Não usar o celular enquanto dirige ou atravessa as ruas;
  • Não ultrapassar o limite de velocidade;
  • Usar sempre o cinto de segurança;
  • Atravessar a rua nas faixas de pedestres;
  • Conhecer e respeitas todos os sinais e leis de trânsito.
VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias