CRIME

Acusado de liderar associação criminosa na Grande Ilha é preso

“Marcinho”, de 38 anos, apontado como como líder de uma associação criminosa responsável pelo cometimento de pelo menos quatro roubos na região metropolitana

Foto: Divulgação Polícia Civil

Foi preso nesta terça-feira, 16, pela Polícia Civil do Maranhão, durante a operação de repressão a crimes patrimoniais deu cumprimento  a três mandados de prisão preventiva em desfavor de Márcio de Jesus Soares Rodrigues, conhecido como “Marcinho”, de 38 anos, apontado como como líder de uma associação criminosa responsável pelo cometimento de pelo menos quatro roubos na região metropolitana.

De acordo com informações da Polícia Civil, O bando liderado por “Marcinho” praticou roubos contra uma empresa situada na Estrada de Ribamar em abril deste ano, em uma residência situada no Habitacional Turu também no mês de abril, uma casa no Cohafuma e uma tentativa de roubo a residência, ambas em junho, no Olho d’Água. Na ocasião, parte do bando foi preso em flagrante, por equipes da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) e Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos (DRFV).

A associação criminosa já foi quase inteiramente desarticulada e , além de “Marcinho”, já foram presos Josué Gusmão Sousa Junior, o Pé De Pato, Willian Danclay Silva Pereira, o Maiobão, Lindomar Lopes Cantanhede, o Negueba, Diego Sodré Pereira, o Xará, Elegilson Serrão Reis, o Bileu, Diego Araújo Dos Santos, o Diego Diabão, e Manoel Valdeci Martins Junior, o Manolo.

Após as formalidades legais, Márcio de Jesus será reconduzido ao sistema penitenciário, onde permanecerá à disposição da justiça.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS