TRANSTORNOS

Obras de reparo em sub-adutora deixam trânsito parado em São Luís

Congestionamento já toma trechos da Avenida dos Portugueses e Vitorino Freire, e chega ao São Francisco. Reparos são por conta do rompimento da tubulação da sub-adutora Italuis

As obras de reparo da tubulação da sub-adutora do Bacanga que rompeu na tarde de quarta-feira, 20, causam transtornos no trânsito na manhã desta quinta, 21.

Quem segue pela Avenida dos Portugueses enfrenta um longo congestionamento, que começa na altura da Universidade Federal do Maranhão, já toma a Ponte do São Francisco e segue até a Avenida Ana Jansen.

No Terminal de Integração da Praia Grande, usuários de transporte público lotam as paradas de ônibus. Equipes da SMTT estão nas proximidades da Barragem do Bacanga para organizar o trânsito.

Parada da linha Campus 311, no Terminal da Praia Grande. Foto: Reprodução
Trecho engarrafado próximo ao Ceprama. Foto: Reprodução

A Caema informou que a previsão é que o serviço seja finalizado ainda nesta quinta-feira, 21. Leia a nota na íntegra:

A Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (CAEMA) informa que, desde o rompimento acidental na subadutora de 900mm, nesta quarta-feira (20), localizada sobre o canal do Rio Bacanga, as equipes trabalham ininterruptamente na resolução do problema. Devido à complexidade do trabalho e de acesso ao local, a previsão é que o serviço seja finalizado ainda nesta quinta-feira (21). A área afetada inclui o Bacanga, Porto do Itaqui, UFMA e adjacências.

Entenda

A tubulação da sub-adutora Italuis rompeu na manhã desta quarta-feira, 20, na Barragem do Bacanga, ao lado da Avenida dos Portugueses. Em nota oficial, a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) informou que o problema foi ocasionado por um desgaste e oxidação do trecho.

Entre as áreas afetadas, estão a região Itaqui-Bacanga, Porto do Itaqui, UFMA e adjacências. Leia mais aqui.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS