BACANGA

Desgaste e oxidação ocasionou rompimento de sub-adultora

As áreas afetadas pelo rompimento acidental inclui o Bacanga, Porto do Itaqui, UFMA e adjacências

Reprodução

A Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) informou através de nota oficial que o rompimento da sub-adultora Italuis, que aconteceu na manhã desta quarta-feira,20, na Barragem do Bacanga, foi ocasionado por um desgaste e oxidação do trecho.

Ainda nesta quarta,  a companhia realizou o esgotamento do trecho e isolamento da área para início efetivo do reparo,  que já foram iniciados.

Recentemente a empresa instalou nova estrutura de treliça para suportar a tubulação existente no local e está realizando também a troca de outra tubulação na área para prevenir novos rompimentos.

As áreas afetadas com o problema inclui o Bacanga, Porto do Itaqui, UFMA e adjacências.

Entenda

A tubulação da sub-adutora Italuis rompeu  na manhã desta quarta, 20. O vazamento foi identificado na Barragem do Bacanga, ao lado da Av. dos Portugueses.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS