GREVE DOS CAMINHONEIROS

Paralisação prejudica o abastecimento de alimentos

Segundo a Ceasa-MA, a continuação da greve dos caminhoneiros nas rodovias do Maranhão, pode atrapalhar o fornecimento desses produtos em alguns supermercados da capital

CEASA-MA teme pela falta do abastecimento de alimento. (Foto: Divulgação)

A greve dos caminhoneiros em protesto pelo aumentos sucessivos nos combustíveis pelo governo federal, começa a trazer sérios problemas para a população.

A greve vai começa a prejudicar o abastecimento de alimentos como verduras, frutas e legumes na Ceasa-MA, a partir desta sexta-feira, 25. Segundo a Ceasa-MA, a continuação da greve dos caminhoneiros nas rodovias do Maranhão, pode atrapalhar o fornecimento desses produtos em alguns supermercados da capital.

Em muitos locais, o estoque dos combustíveis nos postos de São Luís, já preocupa proprietários. A greve dos caminhoneiros no Maranhão entra no quarto dia, e até a tarde desta quinta-feira, 24, já foram registrados doze pontos de bloqueio em rodovias federais, segundo a PRF.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS