FISCALIZAÇÃO

160 kg de mariscos são apreendidos pela SEMA

O objetivo é combater a pesca, transporte e comércio irregular dos crustáceos durante período de defeso

Foto: Reprodução

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema) realizou mais uma fiscalização do período de defeso do caranguejo-uçá e camarão. O objetivo é combater a pesca, transporte e comércio irregular dos crustáceos.

O defeso compreende o período reprodutivo das espécies, por esse motivo, fica vedado o transporte, a estocagem, o beneficiamento, a industrialização e a comercialização de qualquer volume das espécies proibidas, que não seja oriundo do estoque declarado pelo Ibama.

Nesse fim de semana, a Sema vistoriou feiras, bares e restaurantes de São Luís e São José de Ribamar, apreendendo 150 caranguejos vivos, posteriormente liberados em manguezal; 100kg de camarão; 4 kg de lagosta; 60kg de patinha de caranguejo.

Todo o produto foi doado ao Programa Mesa Brasil do Sesc. Todas as pessoas físicas e jurídicas flagradas cometendo infração ambiental foram multadas.

O período defeso do caranguejo-uçá acontece desde janeiro em datas intercaladas. A terceira e última fase será de 2 a 7 de março e de 18 a 23 de março. Já o período de defeso do camarão acontece ininterruptamente desde janeiro, se estendendo até 31 de maio. No litoral maranhense, encontram-se três espécies de camarões: branco, rosa e sete barbas.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS