A VOZ DO POVO

O que o povo quer ganhar de Temer, Dino e Edivaldo

O Imparcial perguntou para algumas pessoas o que elas gostariam de ganhar dos gestores que estão à frente dos principais cargos públicos do Brasil

Todo mundo espera ganhar um presente de Natal. Seja uma lembrancinha ou um presentão, o presente tem que vir do coração e ter sentido para quem o recebe.

Outras pessoas esperam também um presente maior, que não vai ter valor apenas para um indivíduo, mas para toda uma sociedade que depende da competência dos gestores do país, estados e municípios para ter uma vida de qualidade e acesso aos direitos mais básicos e essenciais para todos os seres humanos.

Foto: Karlos Geromy

Imbuído desse espírito de Natal, a reportagem de O Imparcial foi às ruas de São Luís e perguntou para as pessoas o que elas gostariam de ganhar de presente caso o Papai Noel neste Natal fosse o presidente do Brasil, Michel Temer, o governador do Maranhão, Flávio Dino, e o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior. As respostas você confere abaixo.

Paulo Romero

Paulo é autônomo e diz sentir na pele as dificuldades da crise. Ele diz que o maior presente dos gestores é serem mais cuidadosos com as riquezas que chegam até eles através dos impostos que a população batalha todos os dias para conseguir pagar. “Eu pediria primeiramente que todos eles fossem mais tolerantes com o dinheiro da nação. O Michel Temer não está sabendo usar o dinheiro, não sei se é culpa totalmente dele, porque nós já estamos em uma nação praticamente destruída de antecedentes. Eu pediria que ele cuidasse do dinheiro do povo e melhorasse a saúde que é muito ruim. O governador também deveria melhorar a saúde, que é a área mais debilitada no estado. Para o prefeito, a mesma coisa é que melhorasse a saúde e principalmente o atendimento às pessoas”.

Betino Targino

O ambulante Betino diz que existe muita roubalheira na política, e quem decide entrar está sujeito às corrupções que lá comandam. “Quem entra na política e quer mudar alguma coisa não pode fazer nada, porque os outros não deixam. O que eu pediria a seu Michel Temer era que levantasse da cadeira e começasse a trabalhar. Para o governador e prefeito, a mesma coisa. Para mim, eles tinham que procurar trabalhar e olhar para o povo”.

Flávia Costa

A estudante Flávia Costa pensou bastante antes de responder e achou melhor apontar três pontos. “Para todos, eles eu pediria que olhassem mais para as pessoas. Para o Michel Temer que ele desse preferência para a saúde. Na verdade, acho que no caso dele deveria mudar muita coisa, mas começando pela saúde já está bom. Para o governador Flávio Dino acho que deveria melhorar a segurança. Aqui no estado ainda há muita violência e coisas ruins. Para o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda, eu pediria educação. Mais atenção para as escolas e valorização para os alunos”.

Ana Laura Araújo

A vendedora Ana Laura diz não estar muito feliz com a situação atual do país e foi bem dura quanto ao presente que pediria ao presidente. “Para mim o melhor que ele poderia fazer para nós era sair do governo. Ele não fez nada que preste até agora e deveria era logo sair e deixar outro ou outra governante trabalhar”.

Quanto ao estado do Maranhão ela diz que muito já melhorou, mas ainda precisa muito mais. “Está bom aqui agora, mas ainda pode melhorar. Tem que dar mais oportunidades de trabalho para as pessoas porque tem muito pai de família sem ter como sustentar os filhos. Eu pediria mais empregos”. Para a capital, Ana Laura diz que o presente que a agradaria seria mais zelo com as ruas e avenidas. “Eu queria que se tivesse mais cuidado com a cidade. Tem muita rua acabada, e tem que melhorar isso. Tem que tapar os buracos e deixar a cidade mais bonita”.

MOSTRAR MAIS