TECNOLOGIA

Startups: inovação e revolução de processos tecnológicos

As startups estão crescendo no Maranhão com iniciativas no ramo do empreendedorismo

Empreendedores participam de oficina do projeto ‘Startups São Luís’, promovido pelo Sebrae – MA

Quando o Elcias Melo, de 36 anos, teve a ideia de criar o “iBuscar – soluções automotivas” em São Luís, ele pensou em oferecer a proprietários de veículos automotores e empresários do ramo, uma experiência para encurtar o tempo, a distância e especialmente economizar dinheiro. Mas, além de tudo, o profissional em Tecnologia da Informação e empresário do ramo automobilístico, pensou em inovar os processos tecnológicos na área e claro, empreender e obter lucro com a ideia. Com atuação voltada ao mercado local, a iniciativa conta com quatro sócios, está há um ano em execução através de plataforma na internet e de um aplicativo, com 350 parceiros (lojistas) cadastrados e mais de 12 mil downloads.

O caso mostra que as startups estão crescendo gradativamente no Maranhão, com várias histórias de iniciativas inovadoras com potencial de crescimento no ramo do empreendedorismo no mercado tecnológico. A iBuscar é uma das muitas startups que surgiram tentam se firmar no estado, buscando principalmente, espaços de apoio e desenvolvimento. A empresa foi uma das selecionadas para participar do projeto ‘Startups São Luís’, promovido pela Unidade Regional do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae – MA) em São Luís, que tem como objetivo, fomentar o modelo de negócio, oferecendo apoio em formação e desenvolvimento para as empresas.

“A nossa principal dificuldade é a capacitação para quem deseja colocar uma ideia em prática, ou seja, sair da fase de ideação para a startup, no Maranhão. Outra dificuldade é a tecnologia; precisei viajar para outros estados para adquirir as aparatos necessários”, disse Elcias Melo.

Elcias Melo e sócios criaram a startup “iBuscar” com o intuito de encurtar tempo e distância e economizar dinheiro e ligar proprietários de veículos e empresários do ramo  

Paula Waldira Bastos, analista do Sebrae – MA e gestora do projeto ‘Startups São Luís’, explica qual a metodologia da iniciativa. “A partir da metodologia ‘Caminho empreendedor’, desenvolvido pela empresa Semente Negócios, vamos fazer esse trabalho de mentoria com uma turma de 20 equipes que foram selecionadas ainda em julho e agosto, com todo o processo de preparação dessas equipes, que na sua maioria, estão na fase de ideação, para se tornarem uma startup de fato. Essa preparação passa por oficinas do conhecimento de cada iniciativa e depois avança para as consultorias individuais de cada equipe com a os técnicos da Semente Negócios”, relata.

A gestora conta ainda que após esse processo, 10 equipes serão selecionadas para participar da terceira etapa de apoio e financiamento, na fase de aceleração, que deve acontecer nos meses de março e abril do ano que vem.

O consultor Vertical de Startups, da Semente Negócios, Luis Felipe Evers, explica que o trajeto a ser percorrido por uma empresa no formato startups, tem seis estágios, de acordo com o nível de maturidade do empreendimento.

“O primeiro é o explorar, que acontece quando ainda se está no nível da ideia de uma solução que pode resolver um problema, quando ainda é necessário explorar sobre esse problema; depois ela parte para o engajar, quando o idealizador começa a integrar as pessoas em torno desse problema, para fazer os primeiros experimentos, fazer alguns testes de solução; depois ela parte para o integrar, quando se tem o primeiro contato de inserção, vendo a forma mais simples e barata de fazer o produto; então passa para o vender, quando começa a comercializar o produto; logo em seguida vem o crescer, quando a partir das primeiras vendas, o negócio começa a se desenvolver cada vez mais rápido; e por fim, o estruturar, quando estabelece normas corporativas, montar uma estrutura de negocio mais sólidos”, relata.

Dados, espaços e apoios  

Não há dados gerais sobre a quantidade de empresas desse modelo, no Maranhão. Existe, porém, o registro do número de startups acompanhadas por alguns espaços e iniciativas de apoio, como o Programa ‘Inova Maranhão’, executado pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), que teve 154 startups inscritas para participar do edital do programa. Destas, 110 startups foram selecionadas para participar na primeira fase: 95 para Incubação – 15 para Aceleração. Das empresas selecionadas, 88 são de São Luís, 8 de Imperatriz, 7 de Caxias, 2 de Açailândia e 1 de Timon, Bacabal e Chapadinha.

Outra iniciativa de apoio ao desenvolvimento de startups no Maranhão, é o Black Swan, que tem atuação nas regiões Norte e Nordeste, como um centro de inovação aberta que trabalha na vertente de ser um ponto de convergência para startups, com iniciativas desde a fase de ideação até a fase de startups, quando já estão comercializando o produto. A chefe de Operações da Black Swan, Gabriela Mercedes explica como acontece o processo de seleção de empreendimentos que serão apoiados pelo espaço.

“Nós abrimos um edital para que os empreendedores ou pretensos empreendedores se inscrevam já com sua proposta de negócio, com o problema que desejam resolver, a possível solução e o seu time. Após isso, fazemos uma curadoria, um crivo dessas ideias e negócios e entrevistamos os times selecionados. Depois de passar por esse crivo, os times passam a ser residentes do Black Swan num período de seis meses a um ano, passando por parte de conteúdo que darão suporte ao seu negócio. Além disso, fazemos a ponte dos novos empreendedores com as grandes empresas”, conta.

Gabriela Mendes conta que atualmente a Black Swan abriga 17 startups nas diversas fases de desenvolvimento. Ela explica ainda que para quem deseja participar do processo de apoio e desenvolvimento proporcionado pelo Black Swan, basta procurar o espaço, localizado na Avenida Daniel de La Touche, no bairro da Cohama. No contato, os pretensos empreendedores conhecem o espaço e as condições para participar.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias