CORONAVÍRUS

No Maranhão

568
353095
309592
10120
COVID-19

Medidas preventivas são prorrogadas no Maranhão

Os eventos foram flexibilizados, podendo ter até 150 pessoas, sendo realizados até meia-noite

Foto: Reprodução

O governador do Maranhão, Flávio Dino, durante a entrevista coletiva realizada nesta sexta-feira (09), prorrogou as medidas preventivas que estavam vigentes no estado de 13 a 19 de julho. Os eventos que tenham até 150 pessoas sendo realizados até meia-noite, administração pública estadual funcionando apenas com 80% da capacidade e igrejas com até 70% de público estão permitidos.

As pessoas que são grupos de risco, mas que estejam vacinados poderão retornar ao trabalho após 30 dias, com exceção de gestantes. Comércio e indústria funcionaram entre 9h e 21h, as academias e supermercados das 6 às 0h, shopping das 10h às 22h, bar e restaurante até 0h, funcionando com 70% da capacidade.

“Quero enfatizar que isto é necessário, porque o coronavírus não foi erradicado, nós estamos procurando flexibilizar um pouco, porém eu sei que há pessoas que acham que isso não servem para nada, mas serve, o mundo inteiro faz, vários estados do Brasil fazem”, ressaltou o governador.

Vacinação nos municípios

Segundo Flávio Dino, ainda tem um número grande de municípios maranhenses estão abaixo de 85% em aplicação de doses contra a Covid-19. De acordo com o Governador, cerca de 67 municípios não estão aptos para receber novas doses do imunizante.

“Reitero meu apelo para que haja esse trabalho nos municípios e nós estamos tentando ajudar o máximo possível para que a vacinação ocorra. Há políticos no Maranhão contra a vacinação, que querem acabar com os mutirões. Eu não consigo entender a lógica disto”, disse.

Arraial da vacinação

Na coletiva o governador enfatizou que os arraiais da vacinação contra a Covid-19 irão continuar, independente de período junino. A finalidade dessa ação é acelerar a vacinação da população nos municípios. Para se vacinar nas cidade, é necessário apresentar documento oficial com foto, comprovante de residência do município, cartão do SUS ou CPF e, carteira de vacinação.

De acordo com Flavio Dino, 32 municípios maranhenses já tiveram a edição do “Arraial da Vacinação”.

Segunda dose da vacina

Foi pontuado também por Flavio Dino, sobre a baixa procura pela segunda dose da vacina contra a Covid-19 no Maranhão por parte de profissionais de segurança, salvamento, forças armadas e educação (estadual e federal).

“Eu quero, portanto, pedir a esses profissionais, que já foram vacinados com a primeira dose, que compareçam aos postos de vacinação”, disse o governador do Maranhão

Em São Luís, a aplicação da segunda dose para esse público esta ocorrendo no drive-thru do São Luís Shopping e no Iema do Anil (antigo Cintra). Na cidade de Imperatriz, a vacinação ocorre no drive-thru do Imperial Shopping.

VER COMENTÁRIOS
Esportes
Entretenimento e Cultura
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias